Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

A Cavalhada na cidade de Três Pontas, MG.


... era no Bairro do Catumbí que acontecia o festeja denominado, Cavalhada.

Cavalhada - Festividade de cunho religioso. Era realizada sempre que houvesse um acontecimento marcante na vida da comunidade. Relembrava as lutas entre cristãos e mouros, na época das Cruzadas, e os torneios da Idade Média. Os eventos eram patrocinados pelos fazendeiros possuidores de belos cavalos. Os cavaleiros usavam vestimentas coloridas. Um dos grupos com vestimentas nas cores azuis e vermelhas, com predominância do azul. O grupo oponente, com vestimentas vermelhas e azuis, com prevalência da cor vermelha. As montarias, enfeitadas com fitas multicoloridas, davam um visual alegre e agradável. Disputava-se um jogo no qual o cavaleiro, munido de uma lança, procurava retirar uma pequena argola colocada em um mastro, no centro da arena. Após a retirada, o cavaleiro se dirigia a maior autoridade presente e entregava a argola. Este era o vitorioso da disputa. O vencedor era recebido com salvas de palmas pelo público presente.

Artigo de Paulo Costa Campos

Próxima matéria: O córrego das Candongas em Três Pontas, MG.
Matéria Anterior: O capelão da fazenda Congonhal.

Comentários

Anônimo disse…
"O Instituto Histórico e Geográfico de Tiradentes considera que a história é uma ciência social e portanto evolui a luz de documentos e principalmente a partir de novas releituras e interpretações dos referidos documentos, do contexto e do pensamento de cada época".

Um site que vale a pena visitar:
http://ihgt.blogspot.com/...

Postagens mais visitadas deste blog

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

As três ilhôas de José Guimarães.