Postagens

Festa de São Pedro de Rates em Carmo da Cachoeira

Imagem
Comunidade São Pedro de Rates - Ano 2021 O dia 26 de abril é muito especial para nós católicos cristãos de Carmo da Cachoeira, no estado de Minas Gerais: esse dia é dedicado ao padroeiro da Comunidade, que o manifestou em terras onde se assentou a primeira família, a dos Rates. Com alegria festiva, os moradores do bairro onde se encontra instalada a Capelinha de São Pedro de Rates prepararam-se para a solenidade. Foi durante a missa das 19 horas, na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Diocese da Campanha. No domingo, dia 25, a liturgia recomenda meditação atenta ao evangelho de Jo 10, 11-18: “Eu sou o bom pastor”. Nas homilias das missas celebradas, Pe. Ivan, com zelo, preparou-se para despertar nos corações dos que participaram das missas dominicais a percepção de que “... não existe debaixo do céu outro nome dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos". Jesus é a pedra angular (Atos 4, 11-12). O bom pastor dá a vida por suas ovelhas. As comemorações pelo dia de São

Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

Centenário de nascimento de Padre Godinho

Imagem
Antônio de Oliveira Godinho Para Padre Godinho todas as montanhas eram azuis "Li, da noite para o dia, as quatro partes do livro: caminhei pela nave, cheguei até ao altar, a alma de joelhos, diante da obra de arte. Entreguei os originais a um editor capaz de ler e de entender. E o que fora meu privilégio por uma noite, dias , semanas e meses, torna-se, hoje, democraticamente, pintura, afresco, escultura, música ao alcance de todos.  Ninguém lerá esta preciosidade impunemente. Ao final da viagem, cada passageiro terá crescido como ser humano. Grande sacerdote esse homem incrível, Padre Godinho, capaz de criar, de uma só vez, todo esse mundo de beleza e de reparti-lo, perdulariamente, a todos quantos se dispuserem a usufruí-lo;  Obrigado Padre, Deus te inspire um segundo livro." É dessa forma que Luiz Fernando Mercadante apresenta o livro "Todas as Montanhas são Azuis" do religioso e político cachoeirense Antônio de Oliveira Godinho,

Pesquisando a genealogia italiana

Imagem
A professora Leonor Rizzi e os outros descendentes dos imigrantes italianos que colaboraram com as histórias que compuseram o segundo volume do livro "Italianos em Itu – da imigração à atualidade” . As histórias das noventa famílias foram reunidas pelos organizadores Edson Carlos de Oliveira, Maria de Fátima Boni Oliveira e Vilma Pavão Folino, que tiveram a ideia pedir para que os membros de cada uma das famílias que vieram nos vapores no final do século 19 e princípio do século 20 relembrassem as aventuras e os sentimentos que acompanharam as primeiros tempos daqueles imigrantes em terras brasileiras.

História de Carmo da Cachoeira, Minas Gerais