Lei Orçamentária Anual 2009 - Carmo da Cachoeira.

O Prefeito Municipal de Carmo da Cachoeira convidou representantes das instituições civis, religiosas, educacionais, entre outros setores da sociedade, para audiência pública a realizar-se no dia 20 de outubro de 2008, às 16 horas, na Câmara Municipal, para discussão sobre a LOA - Lei Orçamentaria Anual para o exercício de 2009, conforme o disposto no Art. 48 da Lei Complementar nº. 101.

Este foi um momento muito especial, pois a administração 2005/2008, está propondo o orçamento para o novo governo eleito (de oposição). A casa estava repleta. Havia os que representavam setores do governo hoje no poder, os que representavam o governo eleito, as associações, organizações não governamentais, entidades de classe, secretários de governo, vereadores. O tom da União veio na composição da mesa de trabalhos.

Lá, o atual prefeito ao lado do prefeito e vice-prefeitos eleitos, entre outros. Para Carmo da Cachoeira, esta atitude é inovadora. A Secretária da Administração conduziu os trabalhos e esclareceu que a proposta ora apresentada pelo governo, era resultado do consenso entre o atual e o futuro prefeito. O trabalho a ser ora apresentado foi o de quantificar o tamanho da receita pública. Com o dado obtido, orçou-se a receita e fixou-se a despesa para o ano de 2009. Tendo em vista a transparência estava sendo, nesta Assembléia, sendo apresentada aos cidadãos contribuintes. Pediu ao público presente que opinasse e colaborasse com sugestões. O encontro durou três horas e a proposta a ser encaminhada a Câmara Municipal, realmente, contou com muitas sugestões dos presentes. O Projeto teve aprovação popular. A coordenação dos trabalhos ofereceu oportunidade de participação a todos os que solicitaram.O Projeto Partilha parabeniza o governo pela forma como está conduzindo a transição e pela condução dos trabalhos de planejamento da Lei orçamentaria do município.

Comentários

presenteando disse…
ORAÇÃO DO CRISTÃO NA POLÍTICA

Deus da vida e Senhor da história. Pai de todos nós,
em vosso Filho Jesus Cristo,
pela força do Espírito Santo,
já vencestes o pecado, a escravidão e a morte.

Queremos fazer da Política,
um direito e dever da cidadania,
um serviço à vida e a à libertação integral de todos.
Concedei-nos construir um Brasil novo,
na convivência fraterna, no respeito às diferenças,
sem exclusão e sem privilégios,
onde se abracem a justiça e a paz.
Que os valores do vosso Reino orientem sempre mais
as decisões e a ação política em nosso País!

Ajude-nos a intercessão de Maria,
nossa Mãe Aparecida,
das santas e santos companheiros da caminhada.
Vosso Filho Jesus Cristo, caminho, verdade e vida.,
nos ilumine na construção
de uma sociedade justa e solidária. Amém.
Ant. Carlos Ribeiro Bol. Oliv. disse…
Administrar o orçamento público é função do Poder Executivo. No âmbito Municipal, aos Prefeitos e seus secretários. A eles pertence a tarefa de planejar as obras e suas execuções, depois de aprovadas pela população e seus representantes. Administrar orçamento, é administrar o dinheiro público, isto é, de todos.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.