Carmo da Cachoeira é solidariedade: sempre.

Divulgue e amplie a imagem, seja solidário.

Comentários

Brotas disse…
FAÇA O MELHOR QUE VC PUDER ONDE VOCÊ ESTIVER, E COMO VOCÊ PUDER"
projeto partilha disse…
CARMO DA CACHOEIRA É SOLIDÁRIA SEMPRE.
O Projeto Partilha agradece a lembrança dos organizadores do movimento local por em inserí-lo na CAMPANHA como parceiro no apoio e na divulgação do movimento.
Julinha disse…
Vou fazer meu pacotinho. Cresci e tem muita roupa que guardo como lembrança. Não dá, né? Minha avó que me perdoe. Vou doar.
Anônimo disse…
Não vou esperar o caminhão passar. Ele pode não passar na minha rua. Vou levar na assistência social. Sempre vou lá buscar ajuda, pedir carona quando preciso sair da cidade. Chegou minha vez de ir lá por outro motivo e agora o de AJUDAR.
Junior disse…
Ainda bem que não foi aqui, rrsss.
projeto partilha disse…
Cachoeira toda parou para assistir na tela de seu aparelho de TV os acontecimentos de Santa Catarina. O movimento de passagem entre o de OBSERVAR ESTUPEFATO os acontecimentos, e o de MOBILIZAÇÃO começou com a sociedade civil. Foi uma líder que, num momento comenta em seu grupo de oração, "se você tivesse uma pequena quantia a redistribuir neste momento, a quem você daria: a uma grande e firme instituição, ao aos que vivem hoje a grande prova de superação do sofrimento, do abandono, da falta de para onde ir, e do que fazer?"
Foi a chama acesa, através desta reflexão, e em seu pequeno grupo que ampliou-se, e hoje transformou-se na CAMPANHA DE AJUDA envolvendo todo o cidadão cachoeirense. Buscou-se, a partir daí a Assistência Social, e o movimento ampliou-se. Pessoas foram as ruas e colocaram CARTAZES EM PONTOS COMERCIAIS, buscaram as emissoras de rádio local e outras instituições. Ouvimos ontem à noite de uma das organizadoras: "o povo estava esperando alguém que desse o ponta-pé inicial. Foi dado".

ISTO É O QUE TEORICAMENTE SE CHAMA DE SOLIDARIEDADE: ELA COMEÇA ONDE NÃO SE ESPERADA NADA EM TROCA.


NÃO FIQUE FORA DESTA



ALGUÉM PERCEBEU QUE PODERIA AJUDAR E FEZ SUA PARTE. AGORA, FAÇA A SUA TAMBÉM.


DOE. MESMO QUE SEJA UMA PEÇA.
Amarilis disse…
Venho aqui para partilhar com todos o sobre solidariedade. Participando com a comunidade local do movimento de arrecadação de donativos para os desabrigados de Santa Catarina, pude observar a grandeza de Espírito do Ser humano.

"HÁ ALGO ALÉM DA BELEZA DAS FORMAS EXTERNAS: ALGO QUE NÃO SE PODE DAR NOME, ALGO INEFÁVEL, UMA ESSENCIA SAGRADA INTERNA, PROFUNDA"
(Eckhart Tolle)

Ao colocarmos cartazes de pedido de auxílio aos irmãos carentes, pudemos observar o quanto as pessoas estão prontas para AMAR. Nessas ocasiões o ser humano expressa o seu lado melhor e temos a oportunidade de nos doar. É um grande momento de reflexão!
Muito obrigada!
luz a todos
leonor disse…
Amarilis é a mentora da Campanha em favor das pessoas atingidas pelas chuvas em Santa Catarina, aqui em Cachoeira. Foi ela que, durante o momento de oração em grupo, sentiu claramente a necessidade de arregaçara as mangas e ir a luta. Tenho me encontrado com ela em muitas ruas da cidade. A partir do impulso, organizou-se, orientou-se seu filho adolescente para que visitasse as classes da Escola Wanderley Ferreira de Rezende, onde estuda, procurou apoio nas instituições e enfim, deixou seu depoimento acima. É a sociedade civil fazendo sua parte e manifestado
através do altruísmo de algumas pessoas isoladas. Se alguém for "tocado", lembre-se: se a causa for o "outro", ao ouvir esta voz interna, busque atendê-la. Amarilis é uma dessas irmãs. Não mede sacrifícios quando trata-se de ajudar o próximo. E CARMO DA CACHOEIRA, realmente é uma cidade, muito especial é O PARAÍSO na terra.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.