O ataque amerindio aos colonos portugueses.

Entretanto, a visão positiva dos índios vai se alterando com o passar dos dias e com os vários contatos que tiveram. Em pouco mais de um mês na região os participantes da expedição conseguiram dar e receber presentes, ensinar práticas religiosas aos índios e serem emboscados e assassinados por um grupo que, segundo eles, fingiam ser amigos. No dia 8 de janeiro de 1772 os índios mostraram “...todo o seu poder, e em fé de paz [foram ao acampamento] com demonstrações da mais sincera amizade para nos acabarem à traição... usando de sua ferocidade e modos...¹”. Assim, os indígenas deixaram de ser amáveis para se transformarem em “bárbaros selvagens”. Vale a pena observar as quatro aquarelas que mostram os diferentes momentos de ataques, as lutas entre os dois grupos e o resultado final.

A primeira aquarela mostra que enquanto um grupo vai em visita ao acampamento militar, fingindo assim, amizade, um outro ataca o restante da expedição que havia saído para caçar e fazer o reconhecimento da área.

Há um detalhe curioso nesta tela. Não há como saber se ela foi obra da criatividade do aquarelista ou se os índios realmente estavam portando desenhos nos braços. É a única cena onde tais desenhos aparecem.

Em várias tribos brasileiras eram e ainda são feitos desenhos nos corpos em algumas situações especiais e a guerra é uma delas. Estariam os índios realmente se preparando para a guerra? Se os militares tivessem se interessado em conhecer mais o grupo teriam percebido as intenções? Ou ao contrário, trata-se apenas de um enfeite colocado pelo artista? Infelizmente não há como sabermos. Mas, é necessária a atenção a este detalhe, principalmente porque o relatório afirma que os índios deram alguma comida aos soldados, mas que estes por repulsa não comeram. Entretanto, um cachorro que havia comido um bolo de milho ofertado morreu, pois o alimento estava envenenado. Tal fato demonstra que, de alguma forma, os índios pretendiam atacar o grupo.

Trecho de um trabalho de Marcia Amantino.

Próximo Texto: Colonos portugueses são atacados por índios.
Texto Anterior: Análise dos presentes dados aos índios Xaclán.

1. ...Descoberta dos Campos e Guarapuava... Op. Cit. p. 279

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.