Luiz Alves de Freitas Bello e dona Anna Quitéria

Existe disponibilizado um belíssimo site. Ele foi criado em memória de mais um filho que voltou a sua morada Cósmica. A este filho que, esteve sempre coligado ao "Amamos uns aos outros (...)", ofertamos nossas orações neste dia:

"Pai-Mãe, respiração da Vida,
Fonte do som, Ação sem
palavras, Criador dos Cosmos!
Faça sua Luz brilhar dentro
de nós, entre nós e
fora de nós para que
possamos torná-la útil.

Que o Seu e o nosso
desejo, sejam um só,
em toda a Luz, assim
como em todas as formas,
em toda existência
individual, assim como em
todas as comunidades ...

... Não nos deixe ser
tomados pelo
esquecimento de que o
Senhor é o poder e a
Glória do mundo, a Canção
que se renova de tempos
em tempos e que a tudo
embeleza. Possa o Seu
amor ser o solo onde
crescem nossas ações."


Que assim seja.

Neste site se lê:

"... capitão Luiz Alves de Freitas Bello e dona Anna Quitéria Joaquina de Oliveira, afastaram-se da fazenda do Ribeirão em 1792. (...) vender a 28 de dezembro de 1802 a Antonio Francisco Fagundes e sua mulher, por troca da fazenda de São Paulo, situada na Capitania do Rio de Janeiro (...) próximo ao Porto da Estrela. Em 7 de novembro de 1801, o Padre Luiz José de Freitas Bello realiza o casamento de sua irmã, Maria Cândida de Oliveira Bello com o tenente Francisco de Lima e Silva na cidade do Rio de Janeiro. Desse matrimônio resultou o nascimento de Luiz Alves de Lima e Silva - o Duque de Caxias em agosto de 1803".¹

Vale do Ribeirão de Alberto Dias
(hoje, Alfredo Vasconcelos): Alberto Dias de Carvalho, bandeirante, português, casou-se em São Paulo e passou a residir no sítio do Cará. Faleceu em 1731. A
família Lopes de Oliveira, cujo Coronel José Lopes de Oliveira, nascido em 1739, na Fazenda do Ribeirão, filho de José Lopes de Oliveira e Bernardina Caetana do Sacramento, natural de Olival, Bispado do Porto. Portugal. No site acima dedicado a Hugo Giuberti, vamos conhecer dona Anna Quitéria Joaquina de Oliveira, nascida na Fazenda do Ribeirão de Alberto Dias e que, em 1759 casou-se com o coronel Luiz Alves de Freitas Bello, natural da freguesia de São João da Povoa, Vila de Monte Real em Portugal. Luiz Alves de Freitas Bello e dona Anna Joaquina de Oliveira foram pais, entre outros, de Bernardina Quitéria.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Dos patronos até o reconhecimento régio.
Artigo Anterior: O tabelião Joaquim Carneiro de Rezende.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.