Apresentação da Agenda 21 - Carmo da Cachoeira, ao ministro do Meio Ambiente.


Senhor Carlos Minc
Ministro do Meio Ambiente
Prezado Senhor
Enquanto recentemente o senhor tomava posse, no exato momento eu colhia informações a respeito da Agenda 21 com dois técnicos, no sétimo andar do Ministério. Foi uma relação de boa vontade e cordial receptividade muito pouco comum nos serviços públicos.
Em Carmo da Cachoeira, cidade localizada no Sul de Minas, a Agenda 21 local transformou-se em FÓRUM PERMANENTE DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL a partir de um encontro onde reunimos 400 pessoas em um clube local. Depois ampliamos nossa atuação como POLO ECOLÓGICO E EDUCACIONAL DE CARMO DA CACHOEIRA – MG.
Um grupo de voluntários vem aperfeiçoando, há dois anos uma forma de atuação que possa refletir um sentimento de cooperação e solidariedade. Antes das ações pontuais que iniciam com os mecanismos legislativos, limitando ações comprometedoras junto à natureza e culminam com as principais preocupações da humanidade, tais como temperatura, água, alimento e energia, este POLO DE IRRADIAÇÃO tem colocado toda a atenção e todo o esforço em desenvolver uma relação de serviço grupal capaz de assegurar, além de um perfeito entrosamento, uma relação de compromisso por cada programa proposto.
Hoje temos como pauta um total de 40 Projetos, resultado de uma boa relação com os segmentos organizados da cidade. Um terço deles já iniciou, o outro terço está em fase embrionária e ainda o último terço aguarda completar o seu corpo de voluntários para poder caminhar.
Cada programa possui um tripé de sustentação ou comando, representado por:
* GRUPO FOCALIZADOR: constituído pelos Voluntários Focalizadores (VF), identificados como colaboradores, que não buscam resultado, reconhecimento ou recompensa e estão dispostos a servir. Sua função é: impulsionar o Projeto ou Programa, sugerir, acompanhar, orientar, participar e manter a idéia viva, latente e motivar outros Focalizadores;
* GRUPO MULTIPLICADOR: constituído pelos Voluntários Multiplicadores (VM), que podem ser diretores, educadores, servidores, pais, mães, alunos, crianças ou pessoas em geral. Sua função é: mobilizar o público alvo, organizar a didática, produzir o material, preparar mão de obra, expandir o Programa e detectar novos Multiplicadores;
* GRUPO SUSTENTADOR: formado por Voluntários Sustentadores (VS) que correspondem às pessoas físicas (doadoras) e Organizações não Governamentais (ONGs) ou Governamentais (OGs). Sua função é: captar e sustentar permanentemente o recurso ou a estrutura necessária à implantação e manutenção dos Programas.
Todo o trabalho é cooperativo, desenvolve-se mediante TAREFAS MENSAIS, CRONOLOGICAMENTE PLANEJADAS, está vinculado única e exclusivamente às ações de caráter construtivo, isto é, destina-se àqueles que aspiram, como voluntários, por um ato de doação, e ainda pressupõe a propagação dos Programas (considerados reais e vitais) através de cada focalizador, multiplicador ou sustentador que transforma-se em um futuro voluntário em potencial.
A Administração local juntamente com seu Secretariado e os Conselhos vem gradativamente colaborando para a divulgação das propostas até agora reunidas.
Exposto isto, queremos manter um contato mais próximo com esse Ministério, bem como compreender melhor a política de aproximação com as Agendas 21 locais, já que elas podem atuar como REDES DE AÇÕES SOCIAIS em todas as áreas de cada Município.
Pelo apreço e distinção, nos antecipamos com gratidão.
Roni L. Silva – REDE DE DIFUSÃO
CONTATO: icalt@opendf.com.br

Comentários

projeto partilha disse…
Parabéns Carmo da Cachoeira. Você tem muitos filhos que a amam verdadeiramente. Estes, não são depredadores, nem aproveitadores. Estes, não pensam em sugar de si os benefícios que jorram permanentemente de seu corpo físico, de seu céu único, esplêndido, vigoroso, emanador de virtudes e dons. Estes não colocam mais carga em sua natureza sofrida pelo uso constante de agrotóxicos. Estes, reunem-se para discutir como te ajudar. Estes são chamados em CACHOEIRA de, AGENDA 21 LOCAL. Nossa profunda gratidão ao grupo que, religiosamente, todas as quintas feiras tem encontro marcado: assunto CARMO DA CACHOEIRA - MG. São eles, as escolas, os templos de religiosidade, a sociedade que tenta se reorganizar tentando acompanhar os avanços do novo século e, os cidadãos conscientes que garatem: O PARAÍSO É AQUI. A nova geração o viverá em sua plenitude.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.