Janela oitocentista sul-mineira da fz. da Serra.

O trecho da história que é domínio de todo cachoeirense sobre a Fazenda da Serra nos reporta a Antonio Justiniano dos Reis, filho de Gabriel dos Reis Silva, casado em São Thomé das Letras com Bazilissa, filha do Alferes Luiz Gonzaga Branquinho, neta de José Joaquim Gomes Branquinho e bisneta de Ângela Ribeiro de Moraes.

Dos filhos de Gabriel e Bazilissa:

Entre os filhos de Antonio Justiniano dos Reis, outro do mesmo nome, conhecido como Tonico dos Coqueiros, da Fazenda dos Coqueiros, nascido em 1887 na Fazenda da Serra e casado com Maria Eliza Lima.


Comentários

projeto partilha disse…
O trecho da história que é domínio de todo cachoeirense sobre a Fazenda da Serra nos reporta a Antonio Justiniano dos Reis, filho de Gabriel dos Reis Silva, casado em São Thomé das Letras com Bazilissa, filha do Alferes Luiz Gonzaga Branquinho, neta de JOSÉ JOAQUIM GOMES BRANQUINHO e bisneta de ÂNGELA RIBEIRO DE MORAES/Ribeira/Morais. Dos filhos de Gabriel e Bazilissa, José dos Reis e Silva, no ano de 1871, casou-se em Carmo da Cachoeira com sua prima, filha de Maria Cândida dos Reis Branquinho; o Manuel dos Reis Silva Sobrinho (Manoel Branquinho), nasceu em Carmo da Cachoeira e foi prop. da Fazenda Saquarema; Antonio Justiniano dos Reis, nascido em 1846, foi prop. da FAZENDA DA SERRA; Ana Cândida Branquinho (que nos reporta da José Pinto Mesquita e a prof. e diretora aposentada Hilda Mesquita); Gabriel dos Reis e Silva Júnior. Entre os filhos de Antonio Justiniano dos Reis, outro do mesmo nome, conhecido como Tonico dos COQUEIROS (Fazenda dos Coqueiros, que nos reporta a Jorge Fernando Vilela), nascido em 1887 na Fazenda da Serra e casado com Maria Eliza Lima.
projeto partilha disse…
TERMOS DE BEM VIVER DA FREGUESIA DO CARMO DA CACHOEIRA, Minas Gerais. LIVRO N.11:
"servirá este livro termos de bem viver na (ilegível) do Distrito de Boa Vista, Lavras, livro que numerado rubricado por mim, Gouveia, Dezembro de 1855.
Visto de correição. Lavras 25/11/1857.
"Aos vinte e sete dias do mez de fevereiro de mil oitocentos e secenta nesta freguezia do Carmo da Cachoeira, Termo da Vila de Lavras, Comarca do Rio Verde em meo (...) achava o sub-delegado o tenente coronel Jozé Fernandes Avelino comigo Escrivão no cargo ahi prezente, o Réo Manoel Vicente, ano 1861 (...)"
projeto partilha disse…
Lavrado pelo Escrivão interino, Francisco de Paula Cândido, às fls 24 encontra-se a seguinte procuração:
Procuração bastante que faz e assigna João Francisco da Costa Martins, como (...) declarado. São Jeronymo, 26 de junho de 1869. (...) Arraial de São Jeronymo, Termo da Villa de São Francisco do Campo Grande, Comarca da Paranahyba, Província de Minas Gerais, sendo ahi no meo Cartório compareceram (...) entre outros um dos procuradores Domingos Gomes da Costa Martins, com especialidade para vender escravos. Eu Antonio Pedro de Abreo, Escrivão o escrevi. Assinam, João Francisco da Costa Martins, Pedro de Abreo, Antonio Silva Pereira. Testemunhas: Antonio Rodrigues Costa.
projeto partilha disse…
Termos de Bem Viver. Livro N.68. Na primeira folha, Cachoeira do Carmo, 14-07-1877. Segunda folha (...) "Cidadão Brasileiro Tenente Coronel José Fernandes Avelino, Primeiro Juiz de Paz desta Freguesia da Cachoeira do Carmo."

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.