Tabela Cronológica 23 - Carmo da Cachoeira - 1930 à 1939



1930 - 1954
- Era Vargas -
1930
As escolas públicas femininas e masculinas de Carmo da Cachoeira foram transformadas em escolas reunidas.
1933
João Villela Fialho enviou carta ao prefeito de Varginha, Dr. Manoel Rodrigues de Souza, pedindo-lhe apoio aos anseios de emancipação do povo do distrito de Carmo da Cachoeira.
1934
- Mar/1934 até 9/Nov/1938 – paroquiato do Padre Dr. Antônio Molina;
- 16/Jun – promulgada a nova Constituição dos Estados Unidos do Brasil;
- eleito dois vereadores com representação para Carmo da Cachoeira: Dr. Moacir Rezende, pelo Partido Progressista, e Dr. João Otaviano Veiga Lima, pelo PRM, ficando até 1937; e
- abaixo-assinado encabeçado pelo professor Wanderley Ferreira de Resende, com as assinaturas: professor Pedro Juvêncio de Souza, escrivão de paz José Godinho Chagas e Padre Molina, enviado ao interventor federal em Minas, pedindo-lhe a emancipação do município.
1936
28/Set – assinado em Belo Horizonte o acordo dos limites entre os Estados de São Paulo e Minas Gerais.
1837
- Golpe do Estado Novo de Getúlio Vargas, com a dissolução do Congresso e outorga da nova Constituição;
- foi afastado o chefe do Executivo de Varginha, Jaci de Figueiredo, substituído pelo Dr. Manoel Rodrigues de Souza; e
- o representante do distrito de Carmo da Cachoeira na Câmara de Varginha foi o coronel Domingos Ribeiro de Rezende.
1938
- 6/Nov até 1944 – paroquiato do Padre José Ribeiro de Paiva; e
- 17/Dez – Decreto-Lei 148: emancipou Carmo da Cachoeira do município de Varginha.
1939-1945
Segunda Guerra Mundial.
1939
- 1/Jan até 7/Ago – primeiro prefeito de Carmo da Cachoeira: Antônio Vilela de Rezende; e
- 7/Ago até 28/Nov/45 – prefeito de Carmo da Cachoeira: Amynthas de Oliveira Vilela.

Comentários

projeto partilha disse…
"Águas Virtuosas, 27 de setembro de 1924. Tabelião Aristides Moreira de Souza. Procurador João Baptista de Sant´Anna das seguintes pessoas: JOÃO JUSTINO DA COSTA; Pedro Capitanio; José Ferreira Fonseca; Joaquim Delfino Fortunato; José Antonio Terra; BENIGNO SEVERO DA COSTA; Bento José Caldeira; Chrispim Bias Fortes; ANTONIO BAPTISTA FONSECA; Antonio Alexandre Fonseca; Agenor Antonio de Carvalho; Augusto de Castro e Silva; Álvaro de Castro e Silva; Francisco Martins de Arantes; Gentil de Castro Azevedo; João Vicente da Costa; João Pinto da Costa; João Misael de Mello; Manoel Valentim Fontoura; Manoel Ferreira de Carvalho; Oscar Pereira de Carvalho; Raul Paulino de Souza; Severiano Pedro da Silva; Sebastião Lino da Costa; Severino Baptista da Costa; (ilegível) Zarco Augusto Vieira; JOÃO BAPTISTA DA FONSECA, avô de JOÃO DOS SANTOS JÚNIOR e de MARIA DA CONCEIÇÃO SANTOS".
projeto partilha disse…
Esta veio de colaborador em Nepomuceno. O Projeto Partilha agradece pela atenção no repasse de dados, e espera estar de alguma forma estar colaborando com o trabalho de mestrado que está sendo desenvolvido pelo colaborador. Parcerias, caminho do futuro, não é mesmo? Êxito em seu trabalho, é o que lhe desejamos.
Eis o primeiro dado: "Escriptura de hypotheca que faz o senhor JOSÉ RIBEIRO COSTA e dona Clara Octaviana de Souza em 1/08/1924. Ele, lavrador, domiciliado em Nepomuceno (...) de uma sorte de terras, no logar denominado CERVO, no município de Nepomuceno. Divisas Levy Veiga Costa; por outro com MANOEL PENIDO DOS REIS;por outro, com o rio do Cervo. Testemunhas: Francisco Chagas e João Ferreira Santos. Credor: Dr. João Octaviano da Veiga Lima. Tabelião Joaquim Ribeiro Netto".
Procuração que faz em Phelomena da Costa em 2/8/1924, domiciliada
no districto do Carmo da Cachoeira, constitui procuração em Varginha, Dr. Dario Braulio de Vilhena para perante o Dr. Juiz de Direito de Varginha, requerer o arrolamento por falecimento de seu marido BALTHAZAR SIMÕES CORREA DE BARROS, ou o inventário. Testemunhas: Pedro Jorge e Thomaz de Aquino Pinto.
col. em Nazareth disse…
É outorgada procuração ao senhor Authero Ribeiro de Carvalho, aqui no município de Nazareth, conforme o que se lê:
Maria Luiza de Jesus, casada com Furtunato José Pereira, residente no districto do Carmo da Cachoeira-MG, nomeia procurar em Nazareth o Sr Authero Ribeiro de Carvalho, para em seu nome tomar posse do cargo de Irmã Zeladora da Confraria de Nossa Senhora de Nazareth para qual foi eleita. Testemunhas: Joaquim de Souza Roza e José de Souza Roza, em 07/08/1924.
colaboração voluntária disse…
Anacleta Generoza em 26/1/1925, domiciliada e residente em Cachoeira do Carmo, dá procuração ao Dr. Walfrido Silvino dos Mares Guia, requer o arrolamento dos bens que ficaram por falecimento de Valério Antonio Reis, viúvo por fallecimento de Ignez Zeferina de Jesus e não tendo filhos deixa casa na rua do Pretório. Testemunhas. Antonio Augusto de Rezende Sebastião Monteiro de Queiroz. Assina por ela Wanderley Ferreira de Resende.
Juiz de Fora disse…
BLANDINA JANUÁRIA BARROS, falecida em Juiz de Fora tem história e Carmo da Cachoeira. É a seguinte:
"Procuração que faz Maria da Conceição Amaral em 11/02/1925, no districto do Carmo da Cachoeira-MG residente no mesmo districto e casada com João CALDEIRA - combatente das forças legalistas, no Sul, um lugar remoto, e como administradora do casal, devidamente autorizada pelo n.1 do artigo 251 do Código Civil, nomeia procurador na cidade de Juiz de Fora, Dr. Sadi Carnot de Miranda Lima, com poderes para promover inventário de BLANDINA JANUÁRIA BARROS. Testemunhas: Francisco Mendes de Oliveira e Antonio Arthur Russi".
colaboradora em Alfenas-MG disse…
Falecimento em Serrania, comarca de Alfenas. Em 4/2/1924.Como procurador, o Dr. José Rodrigues Sette Camara (...) perante o Juiz de Direito da Comarca requer o inventário dos bens que ficaram por falecimento de dona Maria Cândida de Jesus, mãe e sogra de José Rodrigues do Prado, casado Maria Teixeira, residentes no districto do Carmo da Cachoeira-MG. Fazem em benefício de seu pae e sogro ANTONIO RODRIGUES PAULINO. Testemunhas: João Baptista de Oliveira e José Alves Reis, em 24/2/1925.
correspondente em Nepomuceno. disse…
Procuração que fazem Anna Jacintha da Silva; Laudomira Flávia da Silva; Tiburcio Elias de Aguiar; Etelvina Paulina da Silva; Luiza Cândida da Silva e Zulmira Archanja da Silva em 03/03/1925, no districto do Carmo da Cachoeira, sucessores de Flávio Ferreira de Aguiar e dona Francisca de Paula e Silva. Constitui procurador em Três Pontas, onde reside o advogado Antonio Mesquita de Oliveira para acompanhar e promover os termos do inventário, em Nepomuceno, de seus pais, Flávio Ferreira de Aguiar e dona Francisca de Paula e Silva, falecido no districto do CARMO DA CACHOEIRA-MG. Testemunhas: João Baptista Nogueira e José Pedro de Oliveira, em 03/03/1925.
da capital mineira. disse…
"Antonio Joaquim de Rezende em 12/03/1925, morador no districto de Carmo da Cachoeira constituiu procurador aqui em Belo Horizonte o Dr. Mário Roberto Pereira, para ahi defendê-lo na causa que contra elle move dona Anna Clementina da Fonseca como tutora de seus filhos menores, causa essa de investigação de paternidade, iniciada no foro da comarca de Três Corações. Testemunhas: Benedicto Alves da Costa e Joaquim Martins da Silva".

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.