Cachoeirenses vendem sítio em Perdões de Lavras.


Procuração que faz João Pimenta de Moraes e sua mulher Maria Umbelina A de Oliveira, em 09/07/1904, neste districto do Carmo da Cachoeira, moradores neste districto, constituem procuração em Perdões de Lavras para Synval Odorico de Castro, res. em Perdões para vender a Christiano Pereira dos Santos um sítio denominado Turvo, no município de Perdões. Assina a rogo, José Baptista Sant'Ana. Outra procuração que faz João Pimenta de Moraes,como tutor de seu filho Francisco Alves de Moraes, atual moradores de Varginha, a Fernando Dias de Oliveira e Mário Aquino e Pádua, morador em Perdões para acompanharem inventário do finado sogro Joaquim Alves do Espírito Santo. Assinam com testemunhas: José Baptista Sant'Ana e Godofredo José Caldeira, em 28/10/1904.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Francisco de Assis Souza vende terra no "Monjollos".
Artigo Anterior:
João Villela Fialho e o imóvel de Anna Umbelina.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela Cronológica 10 - Carmo da Cachoeira

As três ilhôas de José Guimarães.

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

Antiga foto da cidade de Carmo da Cachoeira.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Carapina, a origem do nome.

Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Um poema à Imaculada Conceição Aparecida.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

Eis o amor caridade, eis a Irmã Míriam Kolling.