Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

O capitão-mor Domingos dos Reis e Silva.

Capitão-Mor Domingos dos Reis e Silva casou-se com Andreza Dias de Carvalho e foram morar na fazenda Couro do Cervo, próximo à antiga estação da Ferrovia - Rede Mineira de Viação, Município de Carmo da Cachoeira.

Ganhou aí uma sesmaria medindo meia légua em quadra, no entando, é bom que você dê uma olhadinha no que há disponibilizado através do Projeto Compartilhar sobre ele, e seus descendentes.

Os documentos nos informam que ele pessoalmente, não morou nesta fazenda, no entanto sua esposa Dona Andreza morreu aqui. Ele requereu a Sesmaria para seu filho Manoel dos Reis e Silva.


Comentários

Anônimo disse…
Errata. Tipo de erro: incorreção de dados.
O sr. DOMINGOS DOS REIS E SILVA NÃO MOROU EM CARMO DA CACHOEIRA- MG. Requereu sesmaria de meia quadra em seu nome, no entanto, seu filho Manoel dos Reis e Silva é quem veio para cá. Manoel dos Reis e Silva (I), nasceu em 1747 e casou-se na Ermida do Senhor do Bonfim da Boa Vista na cidade de Aiuruoca. Casou-se com dona Mariana Vilela do Espírito Santo, nascida em 28 de junho de 1774, em Serranos. Nesta época histórica a Fazenda aí existente era a FAZENDA DO RETIRO, que depois passou a se chamar Couro do Cervo. A estação ferroviária se instalou aí um século depois. Vizinha da FAZENDA RETIRO ficava o Sítio Cachoeira de MANOEL ANTONIO RATES, motivo de nossos estudos.
só instalou um século depois.

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.