Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

Antônio Severiano de Gouveia da fz. Caxambu.

Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Antônio Severiano de Gouveia (Gouvêa) foi o proprietário mais antigo de que temos notícia da fazenda Caxambu, mas ainda não tivemos acesso ao seu De Genere. Segundo dados vindos de seus descendentes, ele completou os estudos visando o serviço religioso, no entanto, pouco antes da ordenação pediu licença para deixar o ministério. Não chegou a celebrar a primeira missa, embora a família o chamasse por Padre. Proprietário de extensa propriedade, era frequentador assíduo de Congonhal, de onde trouxe a imagem do Senhor Morto.

Antônio Severiano de Gouveia, teve com dona Francisca Cândida das Dores (Chiquinha) vários filhos. Um deles, Waldemar Severiano de Gouveia, casado com Luiza Milani de Gouveia são pais da cachoeirense Juraci. Foi ela quem nos passou as informações contidas neste comentário. Waldemar é irmão legítimo de Derval Severiano de Gouveia; Antônio Severiano de Gouveia (II)(Tonico); Eurídice Severiano de Gouveia; Aurora Severiano de Gouveia e Leonina (Sinha). Além de outros meio-irmãos por parte de Dona Francisca Cândida das Dores, como a tia Castorina Cândida das Dores. Antônio Severiano também teve outros filhos, meio irmãos de Waldemar.

Próxima imagem: Antigo casarão mineiro da fazenda Caxambu.
Imagem anterior: Garoto cachoeirense da fazenda Caxambu.

1. Carmo da Cachoeira presta homenagem a Antônio Severiano de Gouvêa denominando uma das ruas no Distrito do Palmital do Cervo com seu nome. Juraci é sua neta e nutre por ele respeito e admiração.

Comentários

Anônimo disse…
"Não acalente o sofrimento. Não podemos ajudar outros a vencer seus males e sofrimentos, a não ser que possamos vencê-los em nós mesmos e tornar-nos mestres de nossos sentimentos e reações."
Unknown disse…
Boa tarde!

Sou estudante do curso de História da Universidade Federal de São João del-Rei.
Estou me aventurando pela genealogia buscando informações sobre a minha família...
Segundo a minha pesquisa, com base nos relatos de meu pai, Antônio Severiano de Gouveia seria o meu avô. Agradeço muito pelas informações aqui prestadas, e, ficaria contente em obter maiores informações.
Cesar Querino disse…
Ola, sou um pesquisador de história da família, se puderem me ajudar; Antonio Severiano de Gouveia foi meu trisavo, poderia me informar com quem seu filho Antonio Severiano de Gouveia filho casou? Meu email: cesarquerinosud@gmail.com.
att
César Querino

Postagens mais visitadas deste blog

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

As três ilhôas de José Guimarães.