Os antigos festeiros de Nossa Senhora do Carmo.


Dia 16 de julho é o mais festivo e o que mais profundamente fala ao coração do católico cachoeirense, porque é o dia de Nossa Senhora do Carmo, padroeira da Paróquia de Carmo da Cachoeira.

Em anos que lá ficaram perdidos no passado, os festeiros de Nossa Senhora do Carmo eram sempre os mesmos: os Senhores Augusto Naves e Luís Galvão Corrêa. Desfeita esta dupla, com a morte do Sr. Augusto Naves, a festa passou a ter, cada ano festeiros diferentes.

A mais animada de todas as festas do Carmo, de que tenho lembrança, foi realizada quando vigário da paróquia o Revmo. Pe. Teófilo Saez e teve como festeiros, se não me engano, os Senhores Francisco Ximenes de Oliveira e José Godinho Chagas. Foi pregador o notável orador sacro, Cônego José Augusto Leite, há muito falecido, e foi tal a afluência do povo que o sermão foi pregado junto à porta principal da igreja, com a praça fronteira completamente lotada.

Depois daquela, as fetas de Nossa Senhora do Carmo, como tudo nesta terra, entraram em decadência.

Prof Wanderley Ferreira de Rezende

trecho do Livro: Carmo da Cachoeira: Origem e Desenvolvimento.

Próxima matéria: A preta velha e a igreja de Carmo da Cachoeira.
Matéria Anterior: O difícil enterro do Capitão-Mor Manoel dos Reis.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.