Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Festa da Acies - unidos como um corpo só.

Dada a importância da devoção à santíssima Virgem dentro da Legião, os legionários se consagrarão todos os anos, individual e coletivamente, a Nossa Senhora, no dia 25 de março ou nas proximidades dessa data, numa cerimônia que tem o nome de ACIES.

Esta palavra latina significa um exército em ordem de batalha, em que os legionários se reúnem, como um só corpo, para renovar sua fidelidade à Maria, Rainha da Legião, e dela receber a força e a benção para um novo ano de combate contra o exército do mal. A ACIES é a solene declaração dessa união e dependência, a renovação individual e coletiva do compromisso de fidelidade da Legião.

A ACIES é a grande solenidade do ano, a festa central da Legião. Todo Legionário deve estar ciente de sua importantíssima obrigação de a ela assistir. No dia afixado para a cerimônia, os legionários reunir-se-ão, se possível na Igreja, diante da imagem da Imaculada Conceição, enfeitada de flores e velas, o Vexillum Legionis, modelo grande, acompanhando com um cântico apropriado; depois de rezadas as orações iniciais e o terço, o sacerdote falará sobre a importância da consagração. Em seguida, começa o desfile em direção à imagem. “À frente vai o Diretor espiritual (o Padre), a seguir os legionários um a um, ou dois a dois, se forem numerosos.” Chegando à frente de Nossa Senhora, param e colocam a mão sobre a haste do estandarte (Vexillum), pronunciam em voz alta estas palavras: “EU SOU TODO VOSSO, Ó MINHA RAINHA E MINHA MÃE E TUDO QUANTO TENHO VOS PERTENCE”. Então, largam o Vexillum, inclinam-se, colocam a rosa e a afastam-se. (Manual, cap. 29, item 1, página 170)

Antônia Donizetti Ribeiro Alves

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.