Bens de Raiz de Martinho Dias de Gouvêa.

(...) Minas Geraes, execício de 1886 a (rasgado) de receita fica devitada so Collector a supra de nove mil reis, recebido de Antonio Severiano de Gouvêa Júnior, pelo imposto de escritura de compra que faz de bens de raiz á Martinho Dias de Gouvêa e sua mulher (ilegível) Municipal de Lavras em 5 de (...) 1887 - Collector (?) José (?). Fa-se as (ilegível) Depois de escripta esta, em Escrivão (...) elles que reciprocamente a authogarão e (...) e eu, como pensão pública a authorgarei e em nome das absentiz e pessoa a que (...) - Testemunhas a tudo presente Antonio Teixeira, Antonio Joaquim Alves de Gouvêa, moradores da freguesia de Luminárias e conhecimento, assigna-lo os vendedores e comprador e testenhunhas comum escrivão interino da subdelegacia e Paz que escrevi e assino.

(seguem as assinaturas)

Martinho Dias de Gouvêa
Maria
(?) Junqueira
Antônio Severiano de Gouvêa Junior
José Chrizostomo Teixeira (Crisóstemo)
Antonio Joaquim Alves de Gouvêa

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próximo documento: Cemitério dos Escravos segundo Mons. Lefort.
Documento anterior: Pedro Mestre compra imóvel em Cachoeira.

Comentários

projeto partilha disse…
Lembra-nos o prof. Wanderley Ferreira de Resende: "Uma das três fazendas mais antigas, que pertenceu a Martinho Dias de Gouvêa, falecido antes de 1842."
Oração:
Bendita e Imaculada Virgem Maria, beleza e glória do Carmelo, vós que tratais com bondade inteiramente especial aqueles que se vestem do vosso amadíssimo Hábito, volvei sobre mim também um olhar propício e cobri-me com o manto da vossa maternal proteção. Pelo vosso poder fortificai a minha fraqueza; pela vossa sabedoria esclarecei as trevas do meu espírito, aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai a minha alma com as virtudes que me façam agradável ao vosso Divino Filho e a vós. Assisti-me durante a vida, consolai-me na morte pela vossa amável presença à Santíssima Trindade, como vosso Filho dedicado para vos louvar e bendizer eternamente no paraíso. Amém.
projeto partilha disse…
O professor Wanderley Ferreira de Resende fazia referência a Fazenda RANCHO. Sua localização se dá no sentido nordeste em relação ao atual núcleo população e sede do Município de Carmo da Cachoeira. Á época, a sede do Distrito era a FAZENDA BOA VISTA, ligada a Freguesia de Lavras do Funil. A referida Fazenda, "RANCHO", ficava junto ao caminho de ligação Lavras/Campanha, aberto por Padre Bento Ferreira, dono de extensa Sesmaria. Em uma parte do imenso território sob seu domínio ficava a Capela de São Bento do Campo Belo (Bello), hoje Município de São Bento Abade. As terras da Fazenda Rancho ficava nas imediações.
projeto partilha disse…
Martinho Dias de Gouvêa, irmão do Pe. Antonio Dias de Gouvêa, foi casado com dona Mariana Clara Villela, irmã de Dorotéa Claudina Villela. Martinho e Mariana Clara são pais de Hyppólita Carolina Dias de Gouvêa (Hypólita de Gouvêa Rosa, conhecida com "Sinhá Dona Santa", casada com Joaquim Ferreira da Rosa em 21 de fevereiro de 1843 na Matriz de Lavras, Minas Gerais. Cf.: José Feliciano e seus familiares - Windows Internet Explorer.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.