Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

O papel do educador e do gestor escolar.


A formação de novas gerações num mundo em constante transformação exige uma escola dinâmica, desafiadora, crítica e criativa, capaz de promover um ensino de qualidade, integrador e consistente.

A escola é uma instituição dentro da sociedade, onde seu papel, além de pedagógico, é de auxiliar no desenvolvimento humano, moral e ético dos alunos.

De acordo com a UNESCO (Órgão da Organização das Nações Unidas, para a Educação, a Ciência e a Cultura), a educação é concebida em quatro pilares: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. Nesse processo, o gestor escolar tem o papel de articulador/coordenador da prática pedagógica, da sua organização (definindo tempo, espaços e meios, ou seja, o seu "jeito de fazer escola"), desenvolvendo a função social da escola que é ensinar bem e preparar o indivíduo para exercer a cidadania e o trabalho no contexto da sociedade.

A prática da gestão não se desenvolve de modo solitário; ela se faz em equipe com a participação de várias pessoas. Cabe ao gestor escolar adotar procedimentos que promovam o envolvimento, o comprometimento e a participação de todos. Os processos de gestão escolar vão além da gestão pedagógica (que visa à qualidade de ensino e o sucesso escolar), pois é necessário articular também a gestão administrativa, a gestão financeira, a gestão participativa e a gestão de pessoas.

Para que a verdadeira educação aconteça é necessário que alfabetizador/ gestor/ educador trabalhe baseado no amor. Sem amor, pessoa alguma será um educador. Do AMOR nasce a VOCAÇÃO: é o AMOR na VOCAÇÃO.

Numa escola onde pessoas trabalham com amor e vocação nasce a esperança de um futuro melhor, criam-se perspectivas de vida, alimentam-se sonhos, se desperta a fé, desenvolvem-se talentos... EDUCA-SE!

"Ninguém educa ninguém.
Ninguém se educa sozinho.
Os homens se educam em comunhão."
(Paulo Freire)

Pastoral familiar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.