Livros de nossa biblioteca.


Comentários

Yasmin disse…
O TS Bovaris. Esse seu lado nós desconhecíamos. Você não pensa pequeno?
Colegas de guarda disse…
Que lado dele que você desconnhece Yasmin? Se for o lado arrojado e empreendedor que você está vendo no blog, isso é pouco. Ele é dedicado como profissional, e muito responsável no cumprimento dos compromissos. Só pode dar nisso. Você já percebeu a presistência desse cara? Todo dia coloca uma matéria. Agora sei, a biblioteca dele é o mundo. Não adianta boicote feito nas pequenas e bairris praças. A cultura garantiu esse tesouro - Arquivo NACIONAL, patrimônio do CIDADÃO.
leonor rizzi disse…
Nossa Biblioteca é a NACIONAL. Isso nos engrandece diante do mundo. Pe. André abençoe nossa prece: Que sejamos mansos e humildes de coração. Nós Cachoeirenses conhecemos nosso potencial lá no fundo de nossos corações. Podemos até não saber dizer isso. Mas conhecemos. Aqui é o Paraíso, e seus habitantes não estão aqui por acaso.São merecedores filhos da Criação.Luz, Harmonia e Paz a todos.
Julinho? disse…
O que? tudo isso é nosso?
Aluno relapso disse…
Por que a Escola não contou isso pra gente? O pessoal vai pras lanhouse pra ficar jogando, pô. Eu também faço isso. Sabe que vamos em dois. Um senta do lado do outro. Cada um num micro. Daí a gente fica conversando pelo micro no orkut. Legal. No último minuto, faço uma pesquisa rápida e encerro o assunto. Pô agora vejo que tesouro estou largando prá traz.
leonor rizzi disse…
Oi, aluno relapso. Gratos por sua participação. Ela oferece muitas lições, a nós educadores, aos pais e a sociedade em geral.Através de seu depoimento poderemos parar para uma profunda reflexão. Para o mundo, você mostrou que aqui existem formas de acesso, e que o Cachoeirense o conhece. Conhece e usa. Não está isolado. Agora, o ponto bem forte de sua fala reflete um desafio que a sociedade terá que enfrentar: FORMAS DE USO dos recursos virtuais.Apareça sempre.
Jussara. disse…
Acordo cedo só pra ver o que está se passando no blog. Hoje foi muito legal.
Capixaba disse…
Respiro aliviado com a participação do aluno relapso. É assim, na informalidade que se constrói o novo mundo. Sem excluidos. Minha reflexão, ao ouvir a Leonor é a de que não adianta pregar miséria. Se o pessoal vai a Lanhouse, é porque de uma forma ou de outra tem como pagar. Agora, a Instituição Escolar e o Poder Público tem que ver isso com atenção. Deverá haver os que necessitam ver disponibilizado este acesso. Olá lá
pedrinho da esquina disse…
rrrrsssss eu faço igual a meu colega que falou ser relapso. E ele é mesmo. Detesta as aulas.Na pesquisa que faço opio sem ler o que está escrevito. Formato e entrego o trabalho. Lá na lanhouse é só alegria, as vezes vamos até em quatro. Jogamos e conversamos balela pela orkut.
Zé do Leão disse…
sou amigo do pedrinho e do relapso. Eles que são mais espertos no computador pegam os dados. Eu copio deles.
Florentina disse…
Vi os livros indo para a nossa biblioteca nacional e não entendi o que o estava escrito no primeir Pensei que se clicasse nele ia ampliar daí eu conseguia ler. Que nada. Sabe o que aconteceu? Abriu um arquivo de fotos de capas de livros. Gente. Quanta coisa falando de Cachoeira e das gentes de Cachoeira. Como pude viver na ignorancia. Hoje vou na reza e pedir que Deus ajude o TS Bovaris. O pior é que já sou velha, mas não sou inativa. Nasci aí,embora more fora. Ainda bem que meus filhos me deram o curso e o computador.
observador disse…
Ordem do dia: Reciclar os profissionais da educação em caráter de urgência urgentissima.
desc. dos Garcia Frade disse…
Oi, pessoal do Projeto Patilha. Faltou um livro aí, e que a biblioteca de voces tem. Ao clicar nos livros desta página abre-se um album com as fotos dos livros de genealogia. Pois bem, voces me emprestaram o da autora DENISE CASSIA GARCIA. TÍTULO: OS GARCIA "FRADES" - Ascendentes e Descendentes. Belo Horizonte. 1990. A Denise, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais. A pesquisadora que me emprestou a obra, que devolvi, me disse que existe pessoal citado na obra morando aí.
Carioca disse…
Psiu, observador. Pra mim você é um daqueles que leu o livro de Ricardo Neves, O Novo mundo Digital.Você está nele: oportunidades, ameaças e as mudanças que estamos vivendo. Rio de Janeiro. Editora Relume Dumará. 2007. Eu li e acho até que seria bom os professores lerem. Ele ensina o caminho que leva a libertar-se de estruturas antiquadas (instituições, tecnologias, estilos de vida e trabalho sem sentido).O interessante é que a criançada toda daqui do RJ já leu, e o professor que não leu... ... ... ... .. . .
Desc. Garcia Frade disse…
Ei, TS Bovaris. Quem perdeu o livro de genealogia da Familia Garcia Frade, que a pesquisadora me emprestou, e não aparece aí na relação de livros? Estão excluindo a gente? Porque? Somos em muitos aqui em Cachoeira e nossos antepassados estão de olho e abençoando este trabalho, sabia?
desc. dos Garcia Frade disse…
É isso aí TS Bovaris. Obrigado pela sua atenção. Agora os Garcia Frades se sentem incorporados a história de Carmo da Cachoeira. Uma coisa é saber que pertence. Outra coisa é saber que todos sabem que estamos incorporados na história.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.