Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Acróstico Carmo da Cachoeira

C armo da cachoeira minha cidade natal.

A doravel cachoeira quanto mais eu vivo menos

R isco de esquecê-la tenho.

M uitas saudades sinto nas

O casiões que me distancio

D ela, más infelizmente

A s situações vividas a

C ada mandato político não são

A s desejadas e esperadas por mim e meus

C onterrâneos. Será que um dia

H averá um líder que saiba valorizar e

O rganizar as finanças da cidade

E nos dar uma qualidade de vida melhor?

I sso faria com que os filhos ausentes

R etornassem a cidade teriam esperanças e

A gradeceriam suas conquistas.



Paulista (PE)
Poetajardineiro 26 de novembro de 2011

Provisão para José de Almeida Naves.

Há 286 anos missionários dos índios, estabelecidos às margens do Rio Tietê conheceram o senhor José de Almeida Naves, fervoroso possuidor da Fazenda denominada pelos índios de "Pirapóra".

Segundo Arceto Metrop, em uma publicação cuja reimpressão teve autorização eclesiastica em 2 de fevereiro de 1930 dada pelo Arcebispo Metropolitano de São Paulo Dom Duarte, para os Cônegos Premonstratenses, que publicaram assim umcompêncio de orações . A provisão obtida para a celebração dos Santos Mistérios na capela da Fazenda Pirapora está descrita nesta obra.
O "documento authentico é conservado no livro de Tombo da Paróquia de Parnayba e foi concebido pela "Autoridade Eclesiastica do Rio de Janeiro".
Eis o documento tal qual se apresenta às folhas 10 e 11 do referido compêndio:

"Diz José de Almeida Naves, morador na Villa em distancia de duas Legoas e meya pouco mais ou menos em o bayro chamado Pirapora, no qual faz a mayor parte do tempo assistencia, e quer nelle, …

Feliz Páscoa!

Para onde me chamardes, Senhor, lá estarei.
Mural de recados
Cristo, um contador de histórias espalhou sementes. Veio para mudar o interior do homem e através da PALAVRA fez a semeadura da nova vida. Queira você ou não a semente está em seu coração. No seu e no de seus semelhantes. É lei. Descubra as suas sementes e coloque-as em solo fecundo antes que passe a época de plantio.

Pessoal, perdão pelo jeito desajeitado pelo qual tentei realizar minha semadura. Um dia aprenderei a fazer melhor, creio.

Inté.

Gratidão.


Em tempo: não deixe de regar as sementes que ficaram pelos caminhos, OK?

Domingos de Ramos em Carmo da Cachoeira.

Domingo de Ramos na Comunidade São Pedro de Rates, o povo aclamará: Jesus é nosso Rei.

A paisagem do Morro do Cruzeiro em Carmo da Cachoeira se transforma na antiga Jerusalém. Num espaço ao ar livre onde fiéis e moradores jogarão seus mantos para a passagem de Jesus e em coro aclamam: Jesus é Nosso Rei.

O percurso sugerido é pela entrada da cidade com início na pracinha da Paineira, junto ao início da Rua Domingos Ribeiro de Rezende, esquina com avenida JK. O destino será o local da celebração da Santa Missa – Terras de São Pedro de Rates.

Quem não tem mantos balança ramos colhidos nas imediações. Poderão ser encenados também alguns milagres, como a cura do homem de mão atrofiada, do cego, do paralítico, entre outros.

O papel mais importante da encenação – o de Cristo – é representado por um elemento do Grupo de Jovem Vinde e Vede e está sendo preparado pela coordenação da catequese crismal.

O encontro está sendo preparado e aguardado na expectativa de que a harmonia, a beleza advinda…

Setor Missionário São Pedro de Rates e Mãe Rainha presentes na Diocese da Campanha.

Neste 22 de janeiro, sábado, alguns párocos e leigos cristãos se reuniram no Seminário Diocesano em Campanha, Minas Gerais. Um encontro descontraído entre a Fernanda (Baependi), Fábia (Baependi), Lúcio (Setor de Comunicação - Campanha), Pe. André (Comunicação e pároco em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais), Leonor (Carmo da Cachoeira), Ana Paula (multiplicadora - Campanha), Mafalda (Três Pontas), Francisco (presidente da Associação Pe. Victor), Pe. José Roberto (Baependi), Érica (informática), Cristina (pesquisadora), Mateus (turismólogo - Cruzilia), durou a manhã toda e parte da tarde deste dia. O assunto discutido durante este quarto encontro foi, "Caminho Nhá Chica e Pe. Victor". A idéia é pensar, conjuntamente, e propor uma Rota Turística tendo como foco a vida santificada desses servos de Deus em nossa região. Pe. André Luiz da Cruz realizou as orações iniciais com o Sinal da Santa Cruz e a leitura da oração da Venerável Nhá Chica: Deus, nosso Pai, vos revelais as riquez…

Setor Missionário São Pedro de Rates e Mãe Rainha.

Implantando uma sementinha: Infância e Adolescência Missionária. Ano 2011
O que é?
É uma opção que se faz por uma educação BASEADA NA FÉ.

Como?
A proposta é formar crianças e adoslescentes de 8 a 14 anos, para que, aprendendo a viver a generosidade; a fraternidade; a fé que gera esperança; possa atuar como fermento MISSIONÁRIO na família, na rua, na comunidade, na escola, nos lugares em que frequenta.

CONVITE
Queremos formar grupos de MISSIONÁRIOS, ou seja, de criança e de adolescentes que acreditem que Deus existe e que seu filho ressuscitou no terceiro dia e subiu aos céus.

Local:
No setor missionário São Pedro de Rates e Mãe Rainha.
Dia:
29 de Janeiro de 2010 - 14 horas
Assessoria: Maria Urbana, João Paulo e Paulinho.