Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

As obras do prefeito Sebastião Modesto de Oliveira.


O prefeito Sebastião Modesto de Oliveira governou a cidade de Carmo da Cachoeira no final da década de setenta, realizou as seguintes obras de infra-estrutura:

- colocou iluminação pública na Rua JK e no bairro onde se acha localizada a Escola Estadual "Dr. Moacir Rezende", num total de 12 ruas;
- fez o calçamento das Ruas D. Corina, Luiz Galvão, Oliveiros Reis, Eugênio de Souza, Tabajara, Antônio Justiniano dos Reis, D. Inocêncio, Cônego Zequinha e Praça Santo Antônio, que será ajardinada1;
- construiu 2.000 metros de esgoto em diversas ruas e 1.500 metros de meio-fio em outras;
- aumentou o número de penas dágua de 679 para 1.112;
- o aumentou a captação e reformou da rede dágua, com a aquisição de novas máquinas adutoras;
- colocou 500 metros de tubulação de cimento, de um metro de diâmetro, para escoamento das águas pluviais, na Rua Olímpio Virgulino de Souza. É preciso citar que, tanto as manilhas como os bloquetes empregados no calamento das ruas foram fabricadas na Prefeitura, com maquinário adquirido na sua administração.

No que se refere a esportes, a Prefeitura participa também na manutenção da Praça dos Esportes e auxilia o Tabajara Esporte Clube.

Além das obras já mencionadas realizou o Prefeito mais o seguinte: está auxiliando na construção de três casas destinadas ao Destacamento Policial local e cujo terreno foi doado pela Prefeitura, apoiou a construção de asilo que está terminado, aguardando inauguração e em breve será iniciado o serviço de abastecimento dágua pela COPASA, iniciando-se também a construção de 100 casas populares, cujos convênios já foram assinados.

Não será possível, sem cometer grande injustiça, deixar de mencionar que, em todas as reivindicações levadas ao Governo Estadual a favor do nosso município, o Sr. Sebastião Modesto contou sempre com o apoio e a boa vontade dos Senhores Deputados Dr. Morvan A. Acayaba de Rezende e Dr. José Bonifácio Filho e do Secretário do Governo Dr. Márcio Manoel Garcia Vilela e Dr. Carlos Eloy, que acolhiam os pedidos e demonstravam todo o empenho em que os mesmos fossem atendidos. A estes ilustres coestaduanos deverão estender-se os agradecimentos do povo cachoeirense.

Para 1981, o Prefeito Sebastião Modesto tem programado as seguintes obras:

- construção do prédio da Prefeitura Municipal;
- do Posto de Saúde;
- do Parque Infantil;
- do Mini Posto de Saúde do povoado de Palmital;
- o calçamento e iluminação em diversas ruas; e
- a remoção da caixa dágua existente na Praça de Santo Antônio.

Como está a vista de todos, grande tem sido a obra realizada pelo Prefeito Sebastião Modesto, nesta sua segunda gestão como chefe do Executivo de Carmo da Cachoeira. O progresso verificado na cidade nestes últimos anos, não pode passar desapercebido a quem quer que seja. E assim vamos caminhando para o futuro com esperanças de ainda melhores dias, embora sabendo que o mundo não poderá encontrar o caminho da paz e do progresso pacífico, enquanto existirem nações egoístas e más, que vivem pregando a paz e a defesa dos direitos da criatura humana, e sorrateiramente vão minando os alicerces da civilização cristã e preparando a agressão a outros povos menores e mais fracos e a sua escravização.

Prof Wanderley Ferreira de Rezende

trecho do Livro: Carmo da Cachoeira: Origem e Desenvolvimento.

Próxima matéria: Relação dos prefeitos de Carmo da Cachoeira.
Matéria Anterior: Sebastião Modesto e a educação e os transportes.

1. Matéira editada 0riginalmente em 1980.
2. penas dágua são ramais individuais domésticas da rede de distribuição de água.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela Cronológica 10 - Carmo da Cachoeira

As três ilhôas de José Guimarães.

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.