Missa do Tempo Comum na Comunidade São Pedro de Rates.

 
“Ó Deus, esta comunhão na Eucaristia prefigura a união dos fiéis em vosso amor; fazei que realize também a comunhão na vossa Igreja. Por Cristo, nosso Senhor!”
 
Toda celebração eucarística está centralizada em torno do Cristo que se faz presente na Hóstia Consagrada. No 11º Domingo do Tempo Comum, a Liturgia fez memória de alguns testemunhos de conversão e perdão, sobretudo à figura feminina da mulher que foi usada por Davi (2Sm 12,10) e a pecadora que lavou os pés de Jesus e os enxugou com os cabelos (Lc 7,37-50).

Logo, o presidente da celebração, Padre Daniel Menezes Fernandes, mencionou de forma honrosa a primeira Beata de nossa estimada Diocese da Campanha, Francisca Paula de Jesus, a “Nhá Chica”, figura doce e humilde de Baependi, mencionada pelo Papa Francisco:

'Uno-me à alegria da Igreja no Brasil por esta luminosa discípula do Senhor.'

(Palavras pronunciadas durante a missa celebrada um dia após a beatificação de Nhá Chica, na Praça São Pedro - O6 de Maio de 2013)

Lembrando que a festa de Nhá Chica é em 14 de Junho!

Outros fatos marcaram a celebração, como o lindo e florido altar, além de um grupo de pessoas que formaram o ministério da própria Comunidade São Pedro de Rates.
Acima de tudo, fica-nos a certeza do cristão como um ser preparado para reunir-se em torno mesa eucarística e do Evangelho, propagando e testemunhando-os à todas as nações.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.