Páscoa e Pentecostes: Duas realidades que se completam!



Cinquenta dias celebrando o mistério da Ressurreição, sob a luz do Círio Pascal, eis que renasce o tempo de Pentecostes!

A Comunidade São Pedro de Rates celebrou neste domingo, 19 de Maio, a festa de Pentecostes, simbolizando o aniversário da Igreja, com a vinda do Espírito Santo. Afirmar que Jesus verdadeiramente ressuscitou é algo de suprema responsabilidade, sem ao menos tê-lo visto. O sepulcro estava vazio... onde está o “Messias” que foi crucificado?

Pois bem, o Espírito Santo aparece ao apóstolos, alguns dias após a ascensão de Jesus ao céu. É delicado perceber a relação entre a Santíssima Trindade, mas é simples concluir que o Pai, pelo Filho no Espírito Santo, se completam.

De maneira reverenciosa, as leituras que fizeram parte da Liturgia da Palavra foram extraídas dos Atos dos Apóstolos, Carta de São Paulo aos Coríntios, Salmo 103 e Evangelho segundo São João. Tudo se completou com a Liturgia Eucarística.

“A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”.


Um exuberante cenário com uma “pomba” revestida de panos brancos, dourados e vermelhos, simbolizando o Espírito Santo, estava na lateral da mesa do altar, sendo usadas vestes do presidente da celebração, Padre Daniel Menezes Fernandes e demais leitores, também vermelha associada ao fogo, símbolo do amor.

Como prática rotineira, o terceiro domingo do mês foi o dia do Dízimo. Um sorteio foi realizado e a senhora Ângela, da própria comunidade, levou o prêmio.

Assim, Padre Daniel Menezes Fernandes encerrou o momento celebrativo deixando aos demais presentes, a mensagem de que o Círio Pascal foi apagado com a Solenidade de Pentecostes de forma simbólica, mas que de forma real, a luz cristã deve permanecer acesa em nossos corações!

André Lucas de Carvalho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.