Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Dona Mariana Felisbina em Nepomuceno.

Imagem
Ao buscar dona Mariana Felisbina, o Projeto Partilha a encontrou no PORTO DOS MENDES DE NEPOMUCENO. Ela foi casada em primeiras núpcias com José Caetano de Carvalho e em segunda com Antonio Pereira de Gouveia(I), filho de José Pereira da Silva e de Ana Teres de Jesus. Ana, filha de Manoel Alves Pedrosa, casada com Antonio Dias de Gouveia, da Fazenda Ponte Falsa, do Carmo da Cachoeira da Boa Vista, de Lavras do Funil.

Tarcísio José Martins, p.768 de Quilombo do Campo Grande, 2008, diz:Ao buscar dona Mariana Felisbina, o Projeto Partilha a encontrou no PORTO DOS MENDES DE NEPOMUCENO. Ela foi casada em primeiras núpcias com José Caetano de Carvalho e em segunda com Antonio Pereira de Gouveia(I), filho de José Pereira da Silva e de Ana Teres de Jesus. Ana, filha de Manoel Alves Pedrosa, casada com Antonio Dias de Gouveia, da Fazenda Ponte Falsa, do Carmo da Cachoeira da Boa Vista, de Lavras do Funil. Tarcísio José Martins, p.768 de Quilombo do Campo Grande, 2008, diz:

"O Texto-orelh…

O CCP de Carmo da Cachoeira e o pároco Padre André Luiz da Cruz.

Imagem
A Paróquia Nossa Senhora do Carmo se achava sem Pastor, praticamente acéfala.
         |A Senhora do Carmo, mãe que não descuida, toma o recém-ordenado André Luís da Cruz e o conduz para pastorear o seu rebanho, o rebanho carmelitano e ele Padre André Luís, com suas características marcantes, entre elas, a obediência, a humildade e a firmeza olha devagar para cada coisa, vendo o que a multidão não via. Assume, Caminha, detendo-se nos pequenos detalhes, levantando memórias, sentindo as necessidades dos paroquianos e com extrema sensibilidade, fé e delicadeza chega ao coração e à mente de cada um de nós, despertando-nos para o agora, acordando em nós o desejo de viver de forma diferente – nunca é tarde para isso, ou seja, para busca de Deus para nossas vidas.
            Padre André Luís diz ao seu rebanho: A vontade específica de Deus é a de que a Palavra seja usada como instrução e EVANGELIZAR, proclamar as virtudes e ações do Senhor é dever de todo o batizado. Não só procla…

Pe. Daniel Menezes Fernandes e Carmo da Cachoeira.

Imagem
"... e por amor a Cristo, o Bom Pastor, vou pastorear outras ovelhas em outras paragens, cheias de “montanhas azuis”."
Com esta frase o Padre Daniel se apresenta para o povo da cidade de Carmo da Cachoeira com uma feliz citação...
Ah, Pe. Godinho, quem diria que o senhor seria lembrado depois de tanto tempo, de forma tão carinhosa e em um momento tão importante!
Padre Godinho, filho amado de Carmo da Cachoeira, era um homem que sempre olhou pelo povo de sua cidade e ficamos felizes em saber que nosso futuro pároco leu sua obra: "Todas as Montanhas são Azuis".
Carmo da Cachoeira tem sua bela paisagem formada por colinas numa altitude de 1.000 metros e clima de montanha, um local onde a natureza se ofertou para receber homens arrojados, desbravadores, e corajosos que muito tenham a dar ao crescimento de sua gente. Foi aqui que Padre Godinho celebrou sua primeira missa e, não se conformava que "a velha igreja barroca erguida pelos escravos fora posta abaixo, a pretex…

Tentando entender um pouco o período colonial.

Imagem
Tentando entender um pouco mais o período colonial. O trabalho encontra-se disponibilizado em "Tentando entender um pouco mais o período colonial". O trabalho encontra-se disponibilizado em www.rj.anpuh.org/Anais/2006.

Roberto Guedes Ferreira, professor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro desenvolveu seu trabalho de Doutorado e apresentou-o com o título: "Pardos: trabalho, família, aliança e mobilidade social. Porto Feliz, São Paulo, c.1798 - c.1850".Ano 2005. O capítulo V,"Cinco gerações dos Rocha: de escravos a senhores. Poro Feliz. São Paulo, 1798-1893, do referido trabalho, foi utilizado como referência para um tema discutido no XII Encontro Regional de História - ANPUH, no ano de 2006.

Analisando a trajetória secular das 5 gerações, que se processa a partir dos finais do século XVIII, o autor evidencia um movimento de ascensão social, para o qual contribuíram alianças com elites e coesão familiar.

Coesão familiar foi um dos fatores que possibi…

Pelo testemunho de São Sebastião celebremos!!!

Imagem
São Sebastião - 20 de Janeiro


"Que vossa intercessão alcance-me a graça de obedecer mais a Deus do que aos homens, tornando-me um soldado de Cristo. Amém."  (Oração retirada da página oficial da Jornada Mundial da Juventude (rio2013.com/pt), sendo São Sebastião, patrono do Evento, junto com Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Santo Antônio de Santana Galvão, Santa Teresa de Liseux e Beato João Paulo II)


Celebrar novenas, orar e pedir a intercessão de um santo é sempre gratificante, uma vez que a fé deve estar presente na vida do nosso povo tão "contemporâneo", que tem perdido um pouco de sua identidade, por conta de tão grande racionalismo. Sendo um dos Mártires mais conhecidos em nosso tempo e espaço, São Sebastião é celebrado de forma tão solene e, para que isso ocorra de forma ainda mais brilhante, vamos fazer uma viagem em sua trajetória um tanto quanto curta, porém tão árdua.
Sebastião nasceu na França, no ano de 256 d.C., mas se mudou com a família, ainda crian…