Santo André, Apóstolo – 30 de Novembro.


No dia 30 de novembro a Igreja festeja e celebra a vida deste escolhido pelo Senhor para pertencer ao grupo dos apóstolos. Santo André nasceu em Betsaida, no tempo de Jesus e, de início, foi discípulo de João Batista até chegar a aproximar-se do Cordeiro de Deus; com São João começou a segui-lo, por isso André é reconhecido pela Liturgia como o "protocleto", ou seja, o primeiro chamado:

"Primeiro a escutar o apelo,
ao Mestre, Pedro conduzes;
possamos ao céu chegar,
guiados por tuas luzes!"

Santo André se expressa no Evangelho como "ponte do Salvador", porque foi ele que se colocou entre seu irmão Simão Pedro e Jesus; entre o menino do milagre da multiplicação dos pães e Cristo; e, por fim, entre os gentios (gregos) e Jesus Cristo.

Conta-nos a tradição que depois do Batismo no Espírito Santo em Pentecostes, Santo André teria ido pregar o Evangelho na região dos mares Cáspio e Negro. Apóstolo da coragem e alegria, Santo André foi fundador das igrejas na Acaia, onde testemunhou Jesus com o seu próprio sangue, já que foi martirizado numa cruz em forma de X, a qual recebeu do santo este elogio: "Salve Santa Cruz, tão desejada, tão amada. Tira-me do meio dos homens e entrega-me ao meu Mestre e Senhor, para que eu de ti receba o que por ti me salvou!"

A vida de Santo André nos ensina como é bonito o símbolo da ponte que serve para unir o que antes estava separado. Ainda hoje, Nosso Senhor Jesus Cristo continua nos chamando a ser ponte, pois Ele ainda deseja chegar a muitos corações e manifestar o seu carinho e o seu divino amor a toda a humanidade.

Então, não sejamos nunca como muros: instrumentos do ódio, da divisão e da intolerância. Sejamos pontes! Verdadeiros instrumentos do amor, da união e da paz.

Santo André Apóstolo, rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.