Santa Maria Madalena - 22 de Julho - Vida e oração


“No dia 22 de Julho celebra-se a memória de Santa Maria Madalena, discípula do Senhor e primeira testemunha da sua Ressurreição. A transformação de Maria de Magdala mostra como é decisivo que cada ser humano encontre Cristo pessoalmente. É Ele que compreende o coração do homem. É Ele que pode cumular as suas esperanças e expectativas, dando também uma resposta às preocupações e às dificuldades que a humanidade contemporânea enfrenta no seu caminho diário.” (João Paulo II, Angelus, 22/07/2001)

Maria Madalena foi quem banhou os pés de Cristo com suas lágrimas e enxugou-os com os próprios cabelos.“Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; esta, porém, regou os meus pés com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos.” (Lc 8,44) Após a consumação da vida terrena de Jesus, ela foi a primeira pessoa a quem o Ressuscitado apareceu: “Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras”. Ela respondeu: “Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. Dizendo isto, Maria virou-se para trás e enxergou Jesus, de pé, mas ela não sabia que era Jesus. Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que choras? Quem procuras?” Pensando que fosse o jardineiro, ela disse: “Senhor, se foste tu que o levaste, dize-me onde o colocaste, e eu irei buscá-lo”. Então, Jesus falou: “Maria!” Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: “Rabûni!” (que quer dizer: Mestre). Jesus disse: “Não me segures, pois ainda não subi para junto do Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”. Então, Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Eu vi o Senhor”, e contou o que ele lhe tinha dito. (Jo 20,13-18) Maria de Magdala, pecadora como todos nós (que no dia a dia consentimos com a corrupção dos costumes e das virtudes), recuperou o sentido verdadeiro da Vida no encontro com Cristo. Libertada do pesado fardo dos seus pecados, converteu-se em leal seguidora do Mestre e acompanhou-o até o fim, inclusive no momento em que foi crucificado. "Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena". (Jo 19,25)

Após ter sido curada, empenhou-se em retribuir o amor misericordioso que recebera de Jesus. Passou a servi-Lo e a anunciar Sua mensagem para que outros também tivessem a oportunidade de recuperar a plenitude da Vida, que está no amor de Deus e a Deus, amor que a todos inclui. “Os doze iam com ele e também algumas mulheres que tinham sido curadas de espíritos maus e de doenças: Maria, chamada Madalena, de quem saíram sete demônios”...(Lc 8,1-2).

“A história de Maria Madalena recorda a todos uma verdade fundamental: discípulo de Cristo é aquele que, na experiência da debilidade humana, teve a humildade de lhe pedir ajuda, foi por Ele curado e se pôs no seu seguimento de perto, tornando-se testemunha do poder do seu amor misericordioso, mais forte do que o pecado e a morte.”(Papa Bento XVI, Angelus, 23/07/ 2005)

Profundamente transformada pelo amor de Deus, Maria Madalena tornou-se um perfeito testemunho da gratidão, isto é, de como devemos proceder diante das graças que todos os dias recebemos das mãos generosas de Deus. Ela experimentou a misericórdia de Deus em sua vida e a Ele foi agradecida para sempre.

Roguemos a Santa Maria Madalena, para que nos livre da ingratidão!

ORAÇÃO A SANTA MARIA MADALENA

Santa Maria Madalena, vós que ouvistes da boca de Jesus estas palavras: − “Perdoados lhe são os seus muitos pecados, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama.” (Lc 7,47) “Perdoados são os teus pecados. A tua fé te salvou; vai-te em paz.” (Lc 7,48,50) − alcançai-me de Deus o perdão dos meus muitos erros e pecados; deixai-me participar do ardente amor que inflamou o vosso coração, para que eu seja capaz de seguir a Cristo até o Calvário, se preciso for, e assim possa aspirar à graça de, um dia, como vós, abraçar e beijar os pés do divino Mestre. Como Jesus ressuscitado vos chamou pelo nome: “Maria!”, peço-vos que interceda para que Ele chame também pelo meu nome. E velai por mim, para que eu nunca mais me desvie do amor de Jesus, com recaídas nos erros do passado. Santa Maria Madalena, eu vos peço, pelo amor de Jesus, concede-me esta graça! Amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.