Castidade: hoje é possível?

Reflexão em torno da vida de Santa Maria Goretti.

Santa Maria Goretti é símbolo da castidade e da pureza de sentimento em nossos tempos. Nasceu na Itália, em 1890 e aos 12 anos foi assassinada por defender sua virgindade. Antes de morrer, perdoou o assassino. Sua atitude de autêntico amor cristão, alguns anos mais tarde, alcançou a graçada conversão do seu algoz, quando ele teve uma visão deMaria Goretti. Cedo ela aprendera que o amor de Deus não se podia separar do amor ao próximo.

Nossos jovens são submetidos a uma violenta pressão em relação à atividade sexual antes do casamento: sofrem fortíssima influência dos meios de comunicação, de profissionais da área de saúde, educação e comportamento, que falam de modo muito liberal, e da sociedade em geral, altamente erotizada.

Em nosso tempo, um jovem que queira viver o ideal cristão da virgindade e da castidade, precisa ser herói, valente e um destemido lutador contra essa correnteza de corrupção da juventude. Para isso, precisa andar de mãos dadas com Jesus, vivendo sua Palavra e os Sacramentos.

Não há alguém melhor que Deus, mais sábio, mais douto, mais santo e mais justo e que nos ame mais do que Ele; logo não pode haver leis melhores que as Dele. Uma delas é esta: “Não pecar contra a castidade”. A mulher dada totalmente ao seu marido é casta. O jovem que se reserva para aquela a quem dará tudo é casto.

Infelizmente, a virgindade já não é um valor muito cotado no mundo. No entanto, é o que muitos gostariam de ainda possuir no dia em que descobrem o “grande amor da sua vida”. Castidade hoje é possível sim: quando evito as ocasiões de pecado, evito aquela roupa, aquela bebida, aquele programa de TV, aquela situação que me leva a pecar.

Hoje em dia, falar que você namora e não tem relação sexual com seu namorado pode soar como loucura; chega a ser tabu. Dizer que você namora e não trai sua namorada, já é motivo para duvidarem de você. Dizer que você não sai “ficando” por aí, e que está esperando o tempo certo para namorar, para muitos é caretice; mas é possível, quando se namora a três: eu, meu namorado e Deus!Pois é nesse namoro que existe conhecimento, diálogo e descoberta do outro. É neste namoro que sou mais eu, mais feliz, mais de Deus, pelo simples fato de ter a outra pessoa do meu lado.

Santa Maria Goretti, ensina o valor da pureza e da fé aos nossos jovens!

Beth Mansur

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.