Santos populares do mês de Junho.

O mês de Junho é marcado pelas festividades de Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo. Quem foram esses grandes santos? Saiba um pouquinho sobre a vida de cada um deles.

13 de junho – Santo Antônio

Santo Antônio nasceu em Lisboa (Portugal), em 1192. Ficou conhecido como santo milagroso porque Deus realizou, através dele, muitos milagres em favor de todos os que recorriam a sua intercessão. Por sua boa oratória é o santo certo para as causas perdidas e também socorre quem perdeu bens de valor. Por sua caridade em presentear as moças que precisavam de dotes para se casar, tornou-se conhecido como santo casamenteiro. Santo Antônio era agostiniano e depois, tornou-se franciscano. Foi proclamado doutor da Igreja. Este grande santo nos ensina a esvaziarmo-nos de nós mesmos para deixar Deus ser tudo em nós. Santo Antônio rogai por nós!

24 de junho – São João Batista

A vida deste grande santo está nos Evangelhos. Foi primo e precursor de Jesus Cristo; foi ele quem deu a Jesus o seu primeiro apelido: Cordeiro de Deus. O nascimento de João foi um milagre anunciado pelo anjo Gabriel que apareceu ao sacerdote Zacarias; ele e sua esposa Isabel conceberam na velhice, pela graça de Deus. Por não ter acreditado, Zacarias recebeu o castigo de ficar mudo desde o anúncio do anjo até o nascimento do menino. João foi o profeta enviado por Deus para preparar o caminho de Jesus. Sua vida era toda consagrada a Deus: jejuava, fazia penitência e pregava o batismo de conversão. Ele batizava com água, às margens do rio Jordão. Jesus foi até ele e se fez batizar; assim teve início a missão do Filho de Deus. Com João aprendemos a nos preparar para o encontro com Cristo, a nos converter de nossos pecados e a levar a todos o convite à conversão. São João rogai por nós!

29 de junho – São Pedro

São Pedro foi o primeiro Papa. Homem simples, pescador; era impulsivo, sanguíneo; mas tinha na sua personalidade algo que até parece contraditório: uma fraqueza que no Cristo é mais forte do que toda sabedoria humana. Jesus Cristo disse a ele: “Tu és Pedro e sobre essa pedra eu edificarei a minha Igreja.” Se Jesus o escolheu, quem somos nós para não acolhermos o testemunho de sua vida que tanto nos tem a ensinar. Muitas vezes temos a vontade de ficar firmes nos caminhos de Deus e acabamos por cair em nossas fraquezas. Nessas horas é que devemos nos lembrar que Cristo nos escolheu porque Ele é bom e não porque somos bons. E esse amor de predileção deve consolar-nos e colocar-nos de pé, depois de cada queda. É Cristo nos levantando e nos pondo a caminho do céu. São Pedro rogai por nós!

29 de junho – São Paulo

Certo dia, Paulo, quando ainda se chamava Saulo de Tarso e perseguia os Cristãos, teve uma visão de Jesus Cristo e caiu do cavalo. Saulo disse: “Quem és Senhor?” Respondeu Ele: “Eu sou Jesus, a quem tu persegues.” Desde então, de perseguidor passou a perseguido e sofreu muito pela causa do Evangelho. Ele levou a luz de Cristo a muitos povos diferentes. Ensinou-nos a permanecer firmes e fortes na tribulação e a pregar a boa nova de Jesus a todos os povos, sem distinção. As cartas de São Paulo às comunidades que ele fundou até hoje são lidas e meditadas pelos cristãos no mundo inteiro; seus escritos nunca ficam ultrapassados, pois suas palavras contêm os ensinamentos do próprio Cristo que é o Caminho, a Verdade e a Vida. E a Verdade não envelhece Jamais. Paulo não conviveu com Jesus como os outros apóstolos, no entanto, teve um encontro tão forte com Ele que nunca mais foi o mesmo. Então dedicou o resto de sua vida a aprender sobre Cristo para, então, levar a todos os seus ensinamentos. Peçamos a Deus a graça da conversão e que, através de um forte encontro com Cristo, nos tornemos, assim como São Paulo, autênticos discípulos e anunciadores da boa nova. São Paulo rogai por nós!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.