Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

A visitação de Nossa Senhora e as pastorais de hoje.



O Evangelho segundo Lucas descreve a visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel (Lc 1, 39-56), festa essa que celebramos no dia 31 de maio. Maria, naquele momento da visitação, recita o Magnificat (Lc 1, 46-55).

Após a anunciação, Maria pôs-se a serviço de Isabel e de toda a humanidade. Ela descobre que não é apenas a destinatária de tão grande Graça de Deus, mas é agora portadora dessa grande graça, levando o Menino-Deus em seu ventre a todos os povos. Ela é a portadora da Nova Aliança que semeará um rastro de bênçãos por onde passar.

Isabel representa a humanidade, a intervenção Salvadora de Deus. Maria é a gestadora do Salvador. Ali acontece a grande manifestação da Glória de Deus. O tempo da espera termina e tem início com Jesus o novo tempo, o tempo do cumprimento de tudo o que foi prometido por Deus e aguardado pela humanidade.

Neste tempo forte liturgicamente, período da Páscoa, queremos colocar em evidência a visitação de Nossa Senhora, como grande mensagem de Deus a toda humanidade. Não podemos esquecer que nossa Paróquia quer viver intensamente essas mensagens através da Pastoral da Saúde e da Pastoral da Criança, fazendo o papel de Maria visitadora aos enfermos e às famílias.

Ao viver nossa missão de consagradas, colocamo-nos a serviço dos sofredores, dos menos favorecidos, assim como Nossa Senhora colocou-se a serviço de Isabel, que era uma senhora idosa e grávida, que podia estar sofrendo as preocupações que cada mãe passa quando espera a hora de dar à luz uma outra vida. Também Maria, a Mãe de Deus, esperava a hora de dar à luz o Salvador da humanidade. Ela foi servir sua prima Isabel e levar-lhe a boa nova que trazia em seu ventre o Filho de Deus.

Aos visitadores das Pastorais da Saúde e da Criança cabe levar a boa nova da Ressurreição aos nossos visitados, levar a boa nova do Amor, da Paz, da Fraternidade, como fez Nossa Senhora ao visitar Santa Isabel.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.