Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Seguir o Ressuscitado... - o Mistério da Paixão.

O centro da nossa fé está em Jesus Cristo e no mistério de sua paixão, morte e ressurreição. Aliás, é na certeza da ressurreição do Senhor que se encontra o mais profundo sentido para o seguimento de Jesus. Seguimos os passos de Alguém que se rebaixou, desceu dos céus e veio habitar entre nós, assumindo a missão de ser luz para a humanidade. Caminhamos com Jesus que abraçou a cruz, como sinal de obediência e fidelidade ao projeto do Pai e como conseqüência de sua autenticidade e coerência, pois, mesmo diante das ameaças e perseguições, Ele não mudou seus discursos e atitudes. Somos chamados a confiar nesse Homem divino e Deus humano que não terminou sua história na cruz e na morte, mas que tudo venceu e a todos iluminou com a força de sua ressurreição.

A ressurreição de Jesus Cristo é confirmada pelo sinal essencial do túmulo vazio, bem como pelos tantos testemunhos de suas aparições, conforme narrativas das Sagradas Escrituras. Tanto existem provas objetivas e materiais como subjetivas e teológicas que nos certificam a veracidade da ressurreição de Jesus.

Cabe a nós, então, viver a fé no Ressuscitado, entrar na dinâmica pascal, no Espírito da Ressurreição. Se assim o fizermos, nunca deixaremos morrer a esperança, nunca nos entregaremos às trevas do mal, não sepultaremos nossos sonhos, nem ficaremos paralisados no rancor, no ódio, no comodismo e no egoísmo. Como seguidores do Crucificado-Ressuscitado, iremos renascer a cada dia, transfigurar-nos, dar novo sentido à nossa vida e irradiar a alegria da Ressurreição.

Que a oportunidade de celebrarmos e atualizarmos o mistério pascal de Cristo a cada Domingo e, de um modo especial, na Semana Santa, nos faça mais motivados e animados a assumirmos nossa missão e carregarmos nossas cruzes, na certeza da vitória final, da nossa ressurreição por Cristo, com Cristo e em Cristo!

Pe. Carlos Henrique Machado de Paiva
Administrador Paroquial
Paróquia de São Bento

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.