Procissão, missa e ritos penitenciais.


Vá além! Atravesse pontes!
Dê passos com determinação, com convicção!
Entre nesta: Deus em primeiríssimo lugar!
Mente e caminhada voltadas para atingir nosso irmão!

Tempo quaresmal é tempo de ir além, através da participação nos ritos penitenciais que a Igreja coloca a nossa disposição, como práticas grupais: missas, cerco de Jericó, via-sacra, encontros para reflexão em família, procissões, vigílias. Ir além é somar e acrescentar. Se você busca ressuscitar com Jesus no Domingo de Páscoa, faça penitências sim, mas ouça o que o Papa Bento XVI deixou como mensagem para esta quaresma: “Atenção para com o outro”. Ao fazer penitência aprendemos a conhecer e apreciar a cruz de Jesus. Com isso aprendemos a tomar nossa cruz com alegria para alcançar a glória da ressurreição – da transformação.

Atravesse a ponte do tempo quaresmal aprendendo a somar. Pratique os jejuns, faça abstinências, participe das celebrações, ore, faça a via-sacra, assuma compromissos quaresmais: o da Fraternidade, o da mudança de postura frente à vida e aos irmãos, o de tornar-se protagonista de sua própria história, o de “amar o próximo como a si mesmo”, entre outros.

Como seres únicos, amados, queridos e chamados à eternidade é que devemos viver esse tempo de 40 dias que antecede a mais bela celebração litúrgica do ano: a da Ressurreição de Jesus Cristo.

É tempo de observarmos com maior cuidado nossos passos, o caminho que estamos percorrendo, nossas escolhas e opções na trajetória desta vida. O evento da Ressurreição aponta para algo inovador e grandioso, onde Jesus Cristo nos diz: – MUDE DE VIDA, TRANSFORME SUAS ESTRUTURAS DE MORTE EM VIDA PLENA! DÊ O PASSO DECISIVO! “Ame o próximo como a si mesmo”!

Transforme o mandato deixado pelo Mestre de Nazaré em regra de vida e assuma-o com determinação. Um coração voltado para o amor pleno é um coração que sabe doar; sabe doar-se em favor e a serviço dos irmãos de caminhada.

Saia da ponte vendo-se como protagonista de sua própria história, como um cristão compromissado e convicto de sua ressurreição pessoal juntamente com a do Cristo. Deixe as redes da acomodação, da preguiça, da inércia, do descaso, da falta de vontade e da incompreensão na praia. Vá ao encontro de seu irmão, conforme somos instruídos: “Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo vos acolhe, para a glória de Deus”. (Rom 1 5,7)

Brilho nos olhos, amor inflamado no coração, a verdadeira alegria a cada sorriso, as amizades, a decisão de perseverar no caminho até Jesus Cristo fazem de você o homem novo – o ressuscitado! A beleza de ser cristão não está no resultado de suas obras; mas nelas em si. Atitudes, ações e gestos cristãos revelam-se no saber aceitar, receber, amparar, ouvir, compreender, sorrir, atender, respeitar o próximo; e em aceitar o outro como ele é, com seus defeitos e qualidades.

Tempo de penitência é tempo de colocar Deus em primeiríssimo lugar e de colocar nossa mente e nossa caminhada voltadas para alcançar nosso irmão. Eis o retrato de uma Igreja acolhedora, testemunha viva do amor e da fidelidade ao Senhor!

Em Cristo e com Cristo, saiba que você é vencedor! Cristo é a ponte entre o velho e o novo. Cabe a você encontrá-lo dentro de você e entregar-se ao estudo da Palavra. Atravesse convicto essa ponte!

Acolhimento da Comunidade Paroquial São Pedro de Rates

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.