Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

O Batismo que confere a dignidade da Graça ao ser humano.

Todo quarto domingo de cada mês, a Paróquia Nossa Senhora do Carmo acolhe os novos membros do povo de Deus. Foi o que a comunidade cristã de Carmo da Cachoeira presenciou no dia 26 de junho quando os pais conduziram seus filhos para receber o Sacramento do Batismo. Pela água e pelo sopro do Espírito Santo, essas criaturas celebraram seu nascimento como filhos de Deus e nossos irmãos.

Os novos cristãos passam a integrar o Corpo Místico de Cristo, o Mistério pelo qual a condição de miserabilidade humana é superada e revestida pelo milagre da participação na Divindade do Criador. Como novos cristãos passaram a integrar o Reino de Deus e comprometeram-se a renunciar o pecado e as ilusões proclamadas pelo mal, ou seja, tudo que representa ao Criador e todas as suas criaturas. Daí a importância da educação dos pais e da responsabilidade cristã dos padrinhos. Eles têm como grande tarefa espiritual acompanhar e ajudar os afilhados a viver o Evangelho, velando pelo crescimento na Fé, na fraternidade, na vida de oração, no interesse pela comunidade, servindo aos irmãos, lutando pela Justiça e provendo a proteção da Terra e todas as criaturas do Reino de Deus.

Na sua mensagem final, Padre André recomendou: “O maior presente que vocês podem e devem dar aos seus afilhados não são os brinquedos, as roupas e as coisas materiais. Eles expressam os sentimentos humanos de carinho e afeto, mas o mais valioso presente, no plano espiritual, está na presença atenta e dedicada à formação cristã desses novos filhos de Deus.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.