Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior. "Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG. Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entr

Os limites da Comunidade Paroquial São Pedro de Rates.

A Cachoeira foi denominada De Rates, depois, do Carmo. O documento mais antigo, encontrado durante as comemorações do Sesquicentenário da cidade pela Paróquia, foi de um batizado. Ele foi realizado na Casa de Manoel Antônio Rates, junto a Cachoeira dos Rates. O registro diz que o Pe. Bento com seu Altar Portátil realizou a cerimônia. O ano 1770, portanto, 240 anos atrás. Esta comunidade, com gratidão ao Criador, acolhe e guarda esta dádiva sabedora de que, por ordem natural este espaço geográfico foi o primeiro, após o descobrimento da Ilha de Vera Cruz, com presença de pessoas oriundas do outro lado do mar, aqui a presença foi marcada com a Família Rates.

Hoje, uma das avenidas de maior extensão em Cachoeira é a Domingos Ribeiro de Resende. Ela corre em paralelo ao Ribeirão do Carmo e a Cachoeira dos Rates. De principio a fim é um dos marcos da Comunidade. O Ribeirões da Chácara e São Marcos, outros limites.

Uma dádiva. Gratidão, Senhor.

Comentários

projeto partilha disse…
Manoel Antonio Rates nunca esteve só. Junto de sua mulher e de seus filhos desbravou terras incultas. Fiel aos princípios religiosos era fiel cumpridor dos preceitos propagados por sua Igreja - a Católica Cristã. Manoel Antonio Rates batizou e casou os seus, conforme os preceitos religiosos cristãos. Era descrito em antigos documentos sendo "freguês desta freguesia" - a de Carrancas - Comarca do Rio das Mortes. Sua presença é marcada na história sempre ligada a Igreja. É através de documentos desta mesma Igreja que sua memória vive e é preservada. Aparece como padrinho de batizado e em outros atos, batizando filhos e netos.
"São Pedro de Rates é uma terra de cultura, de lendas e tradições, com um caráter próprio, vivo e forte sentido de liberdade. Tomé de Souza...
Cf.: Embaixada de Portugal no Brasil: São Pedro de Rates, em Portugal, geminada com Mata de São João - Windows Internet Explorer
Cf.: Família Rattes: São Pedro de Rates - A Vila portuguesa - Windows Internet Explorer. Artigo publicado em 09/02/2008. Também, no mesmo blog, veja São Pedro de Rates - O distrito capixaba.
Manoel Antonio Rates não esteve e não está só. Neste século XXI tem nós, cachoeirenses, tem seus familiares, tem o berço natal de seus ancestrais, tem referências no Brasil e no mundo. Manoel Antonio Rates receba nosso abraço fraterno e solidário, nosso amor, nossa gratidão, nosso respeito. Luz, Paz, Harmonia.
projeto partilha disse…
Postado por Thaís Helena Andrade:
"Família ANDRADE"
O nosso ANDRADE é muito interessante, pois, É DUPLO, são dois ANDRADES de Famílias diferentes.
Por uma lado a VOVÓ que sendo assim, não foi necessário mudar seu nome ao se casar continuando com o seu Nilce de Oliveira Andrade. Por outro lado o VOVÔ que se chamava Waldemar Martins de Andrade.


Vamos começar falando sobre o ANDRADE da VOVÓ.

A Fazenda "Campo Formoso" pertencia a Domiciano José Ferreira e sua esposa Maria Flora de Oliveira (Dindinha) que faleceu aos seus 94 anos e tiveram 8 filhos (inclusive Vô Lica)
- Adelino José Ferreira (Tio Dilino) - 4 filhos
- AURELIANO AUGUSTO FERREIRA (Vô Lica) - 4 filhos
- Arlindo de Paula Ferreira - 9 filhos
- José Manoel Ferreira (Zequinha) - 10 filhos
- Antônio Ferreira (Tinico) - 1 filha "Elzira"
- Maria Ferreira (Marica) - 5 filhos
- Prudenciana Ferreira (Mãe Chana) - 6 filhos, inclusive Vovó Acelina

(continua)
projeto partilha disse…
Continuação:
Postado por Thaís Helena Andrade - "Família ANDRADE" - Segunda Parte.

A "Fazenda Boa Vista" de Encruzilhada (Cruzília - MG) pertencia à família de Vovó Acelina Ferreira Martins, filha de Prudenciana Ferreira (Mãe Chana). Prudenciana casou-se com José Ferreira Martins e tiveram 6 filhos:
- Domiciano Ferreira Martins - 9 filhos, 7 homens e 2 mulheres
- ACELINA FERREIRA MARTINS - 4 filhos (faleceu com 51 anos)
- Maria Carolina Ferreira Martins - 6 filhos
- Rivalina Ferreira Martins - 3 filha
- Valmira Ferreira Martins - 5 filhos
- Manoel Ferreira Martins - 3 filhos

(continua)

Postagens mais visitadas deste blog

A família do Pe. Manoel Francisco Maciel em Minas.

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

As três ilhôas de José Guimarães.