Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Antiga foto da Casa Paroquial de Carmo da Cachoeira.


A residência oficial dos párocos cachoeirenses passou em sua história por diversas fazes. Além desta foto temos ainda uma ilustração do artista Marurício José Nascimento de uma fase modernista do local.

Historicamente, a "Casa Nova dos Rates", situada na Rua Domingos Ribeiro de Rezende (em frente ao PSF - Programa Social da Família), funcionou de maneira informal, como a residência dos religiosos, que nela pernoitavam, além de fiéis vindos da zona rural, e sem condições de voltar para a casa, no mesmo dia. A primeira 'Casa Paroquial' oficial, funcionou numa propriedade próxima ao antigo cemitério (hoje Estação Rodoviária), em imóvel da Família Dias de Oliveira/Naves.

O autor desta foto é o dentista cachoeirense Helvécio Chagas Reis. Helvécio é filho do ex-prefeito de Carmo da Cachoeira, Francisco Ademar Reis, administração 1973/1977. É irmão do atual prefeito - gestão 2009/2012.

A Casa Paroquial é a mais escura mostrada pela imagem. Está entre as casas do ex-prefeito, Sebastião Modesto de Oliveira - casa a esquerda de quem olha, e a casa de outro ex-prefeito, Saul de Oliveira Vilela. Esta foi a segunda Casa Paroquial oficial. A primeira ficava na mesma rua, próxima de onde funciona, hoje, uma Instituição de Crédito, conhecida como Credivar. A casa em referência foi demolida. Em seu novo prédio moram Álvaro Dias de Oliveira e dona Edith.

Registramos aqui nossos mais sinceros e profundo agradecimento ao nosso amigo Helvécio e a sua esposa Yeda, filha do ex-prefeito Saul de Oliveira Vilela. Aproveitamos a oportunidade para uma solicitação: sempre que houver fatos ou documentos históricos gostaríamos de recebê-las para poder partilhar com nossos visitantes. É assim que reconstruiremos nossa história, dando-nos as mãos.

Luz, Paz e Harmonia.


Próxima imagem:
Imagem anterior: Voluntários de São Pedro de Rates 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.