Rol de testemunhas em Cachoeira - 1865.

Ilmo Sr. Subdelegado Suplente.

Diz Paulo Francisco Mafra que não tendo o Escrivão deste Juízo achado as testemunhas constantes do Rol que (ilegível), e como só jurassem duas testemunhas nesta audiência (Freguesia do Carmo da Cachoeira, 13 de junho de 1865), por isso requer o Suppe. a V. S. para mandar novamente (ilegível) para comparecerem em dia óra e lugar marcado que lhe será marcado pelo Escrivão quando efetuar as intimações; com todas as providências da Ley ocultando-se, mandando V. S. que se junte esta ao Processo e pelo que (...) Rol de testemunhas: Anna de Tal, moradora no terreiro da May do Réo; Generosa da Costa; Antonia mulher de Marciano José da Costa; Lúcio Telheiro; Ignácia, testemunha informante por ser irmã do Réo. Arogo de Paulo Francisco Mafra, José Fernandes Avelino.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.

Pesquisando a genealogia italiana