Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Nas margens do Ribeirão.


A foto histórica nos mostra Álvaro Dias de Oliveira e sua esposa, na ocasião sua namorada Edith. Ao fundo, na foto, a Cachoeira dos Rates. A casa de Manoel Antonio Rates, Maria da Costa Moraes e filhos ficava atrás da mata ciliar que se vê registrada ao lado da Cachoeira. Esta foi formada no leito do Ribeirão do Carmo e ao passar aos pés do Morro do Cruzeiro, no sentido norte da cidade de Carmo da Cachoeira. No alto do morro e junto ao Cruzeiro há uma palmeira centenária. Cachoeirenses, sobretudo os mais velhos e ligados as lides do campo, sinalizam o coqueiro como o ponto que marca a direção do vento. O pessoal, mirando a posição das folhas, vai logo noticiando a previsão do tempo local, diagnosticado pela sua posição quando tocadas pelo vento. Dizem eles: "a chuva para nós depende do lado que as nuvens tocam as folhas do coqueiro."

Foto enviada por: Rogério Vilela - 2009

Próxima imagem:
Imagem anterior: A transcrição do imóvel do pasto de Izalina.

Comentários

projeto partilha disse…
A foto histórica nos mostra Álvaro Dias de Oliveira e sua esposa, na ocasião sua namorada Edith. Ao fundo, na foto, a Cachoeira dos Rates. A casa de Manoel Antonio Rates, Maria da Costa Moraes e filhos ficava atrás da mata ciliar que se vê registrada ao lado da Cachoeira. Esta foi formada no leito do Ribeirão do Carmo e ao passar aos pés do Morro do Cruzeiro, no sentido norte da cidade de Carmo da Cachoeira. No alto do morro e junto ao Cruzeiro há uma palmeira centenária. Cachoeirenses, sobretudo os mais velhos e ligados as lides do campo, sinalizam o coqueiro como o ponto que marca a direção do vento. O pessoal, mirando a posição das folhas, vai logo noticiando a previsão do tempo local, diagnosticado pela sua posição quando tocadas pelo vento. Dizem eles: "a chuva para nós depende do lado que as nuvens tocam as folhas do coqueiro."

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.