Criança em roupa típica da festa afro-brasileira.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Grupo de Congada de Oliveira, Minas Gerais em visita a Carmo da Cachoeira.
Foto: Maria do Carmo - Arte: TS Bovaris


Comentários

leonor disse…
Para Maria Eunice. JOSÉ DA COSTA FARIA foi casado com Gustavina Ordália de Oliveira. José era filho de João da Costa Faria, nat. da Ilha Terceira e Ana Justina Rocha. José e Ordália foram pais de: Juarina, nasc. 1852; Ismael de Oliveira Faria, nasc. 1894; João de Oliveira Faria, nasc. 1896; Augusto de Oliveira Faria, nasc. 1898. Augusto foi casado com Orminda Rezende e foram pais de SAULO FARIA, res. em Carmo da Cachoeira, c.c. MARILDA NAVES, filha de João Antonio Naves e Jacinta Naves; Augusta de Oliveira Faria, casada com o genealogista e viúvo, Ary Florenzano; Honorica de Oliveira Faria, nasc. 1910, res. em Lavras.
leonor disse…
JOÃO DE MEDEIROS TEIXEIRA, assina arogo de PAULO FRANCISCO MAFRA, no ano de 1865, conforme pode-se ver:
"Ilmo. Snr. Subdelegado de Pollicia. Diz PAULO FRANCISCO MAFRA morador neste Distrito de Caxoeira que para bem de seo Direito e Justissa precisa que V. S. inquira as testemunhas JOAQUIM MACEDO, IGNÁCIO CUBAS e ANTONIO DE BRITO CUBAS para descobrimento da verdade sobre espancamento de seo escravo MANOEL para cujo fim precisa que V. S. Mande por despaxo (ilegível) as testemunhas menciadas e ao Réo THOMÉ BERNARDES DE MAGALHÃES para ver jurar debaixo da (ilegível) de vivencia ao Réo, e de obdiência as testemunhas". O documento segue com deferimento. Ano - 1865. Segue a sigla E. R. M. Abaixo segue o seguinte: "Assigna arogo de Paulo Francisco Mafra, JOÃO DE MEDEIROS TEIXEIRA.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.