A venda da Fazenda Campo Formozo.

Escriptura de compra e venda que faz o Ten. Cel. José Fernandes Avelino e sua mulher Dona Maria Clara Umbelina (...) compradores o Coronel Luiz Antonio de Oliveira por seu procurador Pe. Joaquim José de Oliveira Filho. (...) a sua fazenda denominada, Campo Formozo, que se compõem de Campos e Capoeiras e uma pequena benfeitoria no lugar denominado, Tijuco Preto, cujas confrontações são as seguintes: principiando onde faz barra o Córrego do Tijuco Preto no Ribeirão da Lage, e seguindo pelo mesmo correguinho o Tijuco té a primeira Barrinha que vem da capoeira do Estreito, e por este correguinho acima ao Vallo, e por este a outra Cabeceira do Correguinho do Capão e por este abaixo té a barra do Correguinho da Capoeira dos Pinheiros, e por este acima té a primeira barra do Correguinho que vem do Assombrado e por este assima ao Vallo Cabeceira do mesmo e por este vallo a encontrar o Vallo das suas porteiras, dividindo neste rumo com os compradores, e seguindo o vallo das duas porteiras atravessando a estrada a uma cova que se acha na beira do mesmo vallo, dividindo neste rumo com o Tenente Gabriel Flávio da Costa, e da dita Cova em rumo a ganhar o espigão e seguindo este (...) vertentes té uma Cova que se acha na beira do vallo da Chapada ao lado direito da Porteira e desta, em rumo direito a outra Cova que se acha na beira a Vallo que serve de feixo as Capoeiras da Chapada e seguindo este mesmo vallo a encontrar outro que vem do lado do Cattêto dividindo neste mesmo com Domiciniano Ferreira de Oliveira (Domiciano), e seguindo pouca distância pelo Vallo que vem do Cattêto a encontrar o Vallo que vem da Capoeria do Canavial e seguindo por este mesmo Vallo que vem da Capoeira a encontrar o que vem das Içaras, e seguindo esta abeirando a capoeria e deixando o vallo abeirando a mesma Capoeira té onde finda um campestre, e entrando na Capoeira, pelo espigão agoas vertentes té o vallo que vem do mato do Vinho, dividindo neste rumo com José Ignácio de Santa Anna (...) e seguindo o mato digo o vallo que vem do matto do vinho a esquerda té frontear uma cerca onde tem uma cova e desta em rumo direito a outra cova na beira do capão, e seguindo pela beira desta té outra cova que se acha na beira do mesmo, e desta pelo vallo abaixo do correguinho e por este abaixo té (ilegível) de um capãozinho, e por este correguinho acima a cabeceira do mesmo capãozinho onde tem uma cova e desta atravessando o espigão em rumo direito a cabeceira de um córrego seco da direita, e por este abaixo ao Ribeirão da Lage, e por este abaixo té a barra do córrego Tijuco Preto onde teve princípio esta demarcação, dividindo em parte com os compradores e as terras assim demarcadas vendemos (...) Terras Campo Formozo da Freguesia da Cachoeira (...) pela quantia de quinze contos de réis (...).
(...) Eu passo a Rezente é gozando do privilégio que me garante o pôsto que occupo na Guarda Nacional. Fazenda do Jardim, 24 de fevereiro de 1862. Testemunhas presentes: José Esteves dos Reis e Silva e João José do Nascimento. Francisco de Paula Cândido Escrivão interino de notas nesta Freguezia da Cachoeira do Carmo.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Tomé Venâncio e alguns de seus descendentes.
Artigo Anterior: Abertura do livro nº 4 - Escripturas 1869 a 1873.

Fonte: fls.02 e 02v. do Livro N.4

Comentários

projeto partilha disse…
Livro de N.4, fls.07 e 07v. Troca Capitão Antonio Joaquim Alves e sua mulher Maria Carolina de Gouveia e Antonio Severiano de Gouveia e sua mulher Joanna Maria de Jesus, em 02/07/1869, Fazenda da Barra no lugar denominado do Capão das Favas que houverão por arrematação em praça, da massa falida de Antonio de Abreo Coutinho. Os segundos (...) na Fazenda Maranhão e Formiga que houverão por compra a Joaquim Correia Afonço e sua mulher e a Joaquim Correia Affonço Júnior e sua mulher. Assina Joaquim José da Costa Sobrinho arrogo de dona Joanna Maria de Jesus por não saber ler nem escrever. Testemunhos: João Baptista Alves e João Maria Esteves. Aureliano José Mendes, escrivão de Juiz de Paz.
projeto partilha disse…
Livro N.4, fls.14, registro de venda onde aparece como vendedor Joaquim Theófilo Bottrel e sua mulher dona Francisca de Paula e Oliveira ao Alferes Marcelino dos Reis. A venda aconteceu na casa do Alferes Domingos Marcelino dos Reis, falecido em 1872, na Fazenda da Serra, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Domingos foi casado com Felícia Constança de Figueiredo que após enviuvar-se contraiu segundas núpcias com José dos Reis Silva Rezende. José Fernandes Avelino aparece como louvado no inventário de Domingos Marcelino dos Reis. O inventário teve início em 7 de fevereiro de 1873, na Fazenda da Serra, distrito de Carmo da Cachoeira, Termo de Lavras do Funil.
A família Bottrel, descendente de franceses, através de uma filha de João Augusto Bottrel, ligou-se a família "Sousa Reis" e Sandy. Essas famílias estão ligadas a Varginha, Três Pontas e Carmo da Cachoeira, no sul de Minas Gerais.
projeto partilha disse…
Livro N.4 fls.14v. (...) Francisco José de Oliveira, por herança de sogro, sogra Carlos Alexandre Romão Botrel/Bottrel e sua mulher, juntamente por Anna de Tal, por herança de sua finada mulher dona Clementina Maria das Dores, assim como tão bem a parte que lhe foi remida do Capitão Silvestre Alves de Azevedo (...)
projeto partilha disse…
Francisco José de Oliveira é filho do capitão Silvestre Alves de Azevedo e Antonia Miquilina do Nascimento, Cf.: Vida Escolar - Windows Internet Explorer, em www.museu.ufla.br/vola12.htm
A família Azevedo teve por estirpe o sargento-mor João de Deus Alves de Azevedo, lavrador, falecido em 1823, com 71 anos. Natural de São João Del Rei onde foi criado na casa do coronel Constantino Alves de Azevedo. João de Deus e dona Maria do Nascimento foram pais, entre outros, de Silvestre Alves Azevedo.
Augusto José da Silva, sobrinho do Capitão Silvestre rende-lhe homenagens no ano de 1872. Foi por ocasião da defesa de sua tese de doutorado em Medicina no Rio de Janeiro. Diz ele:
A MEU TIO E AMIGO, SR. SILVESTRE ALVES DE AZEVEDO. Cf.: www.siaapm.cultura.mg.gov.br/acervo/teses

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.