Os negros bantos e Carmo da Cachoeira, Minas.

"O jongo é uma dança que acontece ao som de instrumental próprio. A dança tem como formação a roda onde um jogueiro vai ao centro dançando sozinho, fazendo torções, se requebando, e escolhe uma mulher para seu par, mas par solto, um defronte o outro (...)".¹

Segundo a profª. Maria de Lourdes Borges Ribeiro, em Minas Gerais, a dança é reconhecida na região compreendida entre Carmo da Cachoeira e Passo Quatro. Na prática, no entanto, a memória foi apagada. Fatores, dos quais o cachoeirense desconhece, desestimularam a manutenção de sua cultura original. A autora, a partir dessa geografia sugere que a presença do jongo está identificada com os "primitivos focos de entrada de negros bantos em nosso país, na região centro-sul."²

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

1. FUNARTE, Cadernos de Folclore, n.34, Rio de Janeiro, 1984, publica trabalho elaborado por Maria de Lourdes Borges Ribeiro, 1960, sob o Título: O JONGO.
2. idem, (p.14)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.