Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Lançamentos no livro "Termo de Bem Viver".

Termos de Bem Viver da Freguesia do Carmo da Cachoeira
Minas Gerais - Brasil¹

(...) "servirá este livro termos de bem viver na (ilegível) do Distrito de Boa Vista, Lavras, livro que numerado rubricado por mim, Gouveia, Dezembro de 1855. Visto de correição. Lavras 25/11/1857. Aos vinte e sete dias do mez de fevereiro de mil oitocentos e secenta nesta freguezia do Carmo da Cachoeira, Termo da Vila de Lavras, Comarca do Rio Verde em meo (...) achava o sub-delegado o tenente coronel Jozé Fernandes Avelino comigo Escrivão no cargo ahi prezente, o Réo Manoel Vicente, ano 1861 (...)

Na primeira folha, Cachoeira do Carmo, 14-07-1877. Segunda folha: (...) Cidadão Brasileiro Tenente Coronel José Fernandes Avelino, Primeiro Juiz de Paz desta Freguesia da Cachoeira do Carmo.²

Lavrado pelo Escrivão interino, Francisco de Paula Cândido, encontra-se a seguinte procuração: Procuração bastante que faz e assigna João Francisco da Costa Martins, como (...) declarado. São Jeronymo, 26 de junho de 1869. (...) Arraial de São Jeronymo, Termo da Villa de São Francisco do Campo Grande, Comarca da Paranahyba, Província de Minas Gerais, sendo ahi no meo Cartório compareceram (...) entre outros um dos procuradores Domingos Gomes da Costa Martins, com especialidade para vender escravos. Eu Antonio Pedro de Abreo, Escrivão o escrevi. Assinam, João Francisco da Costa Martins, Pedro de Abreo, Antonio Silva Pereira. Testemunhas: Antonio Rodrigues Costa.³

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: As bandeiras paulistas de Pinhal em Minas.
Artigo Anterior: A genealogia de Ana Paulina de Rezende.

1. Livro N. 11
2. Livro N. 68
3. folha 24

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.