Documento de Demarcação de terras de 1911.

Joaquim Gregório de Figueiredo e Pedro Juvencio de Sousa foram testemunhas em no abaixo assinado que se segue:

Dissemos nós abaixo assinados Augusto Ribeiro Naves e sua mulher dona Olímpia Generosa dos Reis, que sendo senhores possuidores de uma sorte de terras no lugar denominado ESTALEIROS - Freguesia do Carmo da Cachoeira, Comarca de Varginha, com as divisas seguintes: começando na beira do córrego, em uma (orelha de burro?) onde ha uma cova, por esta acima beirando (ilegível), em seguida a uma massaranduva até onde encontrar numa cova, no meio do matto; volvendo-se, digo, divisas com Messias de Tal; volvendo à direita, sahindo do matto, em uma samambaia, em rectas à um jacaranda, divisas de Cyrino Rodrigues da Silva, e deste, em recta do córrego em uma cova, a beira do barranco, dividindo com Senhorinha Maria de Jesus (Sinhorinha) e pelo córrego acima até onde teve principio e fim esta demarcação, dividindo com os herdeiros de Domingos Alves Teixeira. Carmo da Cachoeira, 20 da agosto de 1911.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Abertura do livro nº 4 - Escripturas 1869 a 1873.
Artigo Anterior: Retificação de área da Fazenda das Três Barras

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.