Cemitério dos Escravos segundo Mons. Lefort.

Cemitério da Chamusca

O 1º dos assentamentos de óbitos é de 31 de março de 1860. É de Antônio, africano, escravo de Ignácio José Alves (Inácio). Os 9 outros a seguir são de:

2)1 filho de José Pinto da Costa cc. Ana Silveira de Jesus
3) Maria Inocência de Jesus, casada
4)
Francisco Roquete, português, 83 anos
5) 1 escravo de
Antônio Joaquim Alves
6) 1 filho de Francisco Lopes Machado
7) 1 escravo de Gabriel José Junqueira Júnior
8) 1 escravo de Antônio Severiano de Gouvêa
9) outro escravo do mesmo
10)
Bernardo José da Costa, solteiro 58 anos
11) 1 escravo de
Maria Felisbina da Silva
12) 1 escravo de Maria Felisbina da Silva
13) Delfina
(ilegível)¹ de Jesus cc. Joaquim Franciso do Nascimento
14) 1 escravo de Maria Felisbina da Silva
15) 1 escravo de Antônio Joaquim Alves
16) outro escravo do mesmo
17) escravo de Maria Felisbina da Silva
18) escravo de Antonio Joaquim Alves

São ao todo 18 até 1865

(datilografado à margem: Francisca Paul)

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próximo documento: O fiscal do distrito Nicésio Silva Cunha.
Documento anterior: Bens de Raiz de Martinho Dias de Gouvêa.

1. conforme imagem:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.