Uma antiga história sobre as pedras da fazenda.

Saturnino da Veiga relembra que em 1873 Varginha foi assolada por uma epidemia de varíola, que atacando a grande número de pessoas, e levado ao túmulo mais de 30 pessoas. Em outro trecho de seu livro diz que em fins do século XIX, quando da última epidemia de varíola que vitimou muita gente da região, foi construído um pequeno cemitério, no alto de uma das colinas centrais da localidade, em um local pertencente à Fazenda dos Tachos. Deste cemitério nada mais resta que as bases de pedra do muro de adobe que o cercavam.

Foto: Evando Pazini - 2007 - Arte: TS Bovaris

Próxima imagem: Magistral casa sede da Fazenda Pouso Alegre.
Imagem anterior: Divino Espírito Santo em antiga gravura.

Comentários

projeto partilha disse…
"Aos 27 de abril de 1895 baptesei solennemente a Maria, filha legítima de Francisco Severo da Costa e Maria Adelaide da Fonseca. Foram padrinhos: José Garcia da Fonseca e Francisca de Paula Silva". Livro de batizados da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, fl.13v.

- no mesmo dia, filho legítimo de Vigilato Severo da Costa e Maria de Souza; foram padrinhos José Augusto da Costa e Augusta da Costa;

- no mesmo dia, José, filho legítimo de Cypriano Amaral e Mariana Izabel. Padrinhos: João Baptista de Salles e Izabel de Sales Cunha (fls.13v.).
projeto partilha disse…
Em 17 de abril de 1895, é batizada Gabriela, filha legítima de Delmindo de Andrade e Olympia Baptista da Costa; foram padrinhos: José Procópio de Carvalho e Marciana Delminda de Oliveira.
projeto partilha disse…
O Sertão Mineiro nas observações de Spix e Martius. Maria Augusta Ramos, em:www.ichs.udop.br/cadernos

O século XIX foi marcado pela presença de naturalistas viajantes no Brasil, dentre eles os alemães JOAHNN BAPIST RITTER VON SPIX e CARL FRIEDRICH PHILIP VON MARTIUS (herdeiros das luzes - século XVIII). Este trabalho tem como proposta analisar as observações sobre Minas Gerais, feito pelos dois naturalistas (...). Naturalistas nos remetem as questões sociais e à natureza pródiga de Minas Gerais, no qual o SERTÃO é considerado como potencialidade de riquezas e manifestação da forma da natureza tropical (...).
projeto partilha disse…
Errata: leia-se no terceiro comentário do dia de hoje desta página: BAPTIST, ao invés de como constou na citação do nome do naturalista alemão,

JOAHNN BAPTIST RITLE VON SPIX
projeto partilha disse…
Livro Fábrica n.1. Continuação,fls. 29v. Nomes nela registrados: dona Maria Paula mulher de Pedro Carapina
Manoel Antonio de Oliveira
Cândido escravo de Jerônymo
Marianna Clara de Jesus
Francisco Nunes das Chagas
Anna Baptista da Fonseca
Aureliano José Mendes
Silvana(?) Maria Flausina
Bernardina
Marphisa
Jacintha mulher de Candinho
Antonio da Silva Maxado
Manoel Francisco Terra
Francisco Lopes Guimarães
Silvestre José de Sousa
Francisco Diniz Junqueira
dona Anna Jascintha de Figueiredo
Manoel Cândido Nery(?)
Francisco Augusto de Figueiredo
Carlotta escrava de dona Felícia
Antonio Procópio
projeto partilha disse…
Uma praça com muita prosa, poderia ser o palco da conversa que Jorge Fernando Vilela manteve hoje com o Projeto Partilha. No entanto, a revelação não se deu na Praça do Carmo, mas ao telefone. Novos tempos, a Praça perdeu o status que tinha antigamente. Hoje os recursos são outros, muito mais velozes.
Jorge diz: "Amélia Augusta da Silva é Amélia Augusta Villela da Silva, casada com João Tomás de Aquino Villela. Eles são meus avós, e a Escriptura de compra e venda referente ao PASTO DA IZALINA, no ano de 1913, diz respeito a minha família."
Foi com muita alegria que recebemos a notícia e, se estivemos na Praça, teríamos comemorado com um saquinho de pipocas nas mãos. O BOM VELHINHO PIPOQUEIRO que foi quem viu e ouviu a conversa serviria de testemunha ocular. Gratidão e luz. Jorge.
projeto partilha disse…
Livro n.1. Fábrica da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. 1859-1882, fls.30v.Ano - 1875. Nomes registrados:
José Pedro Rosa
Manoel Francisco Gomes
Joaquim Martins Rosa
Quirino, escravo de Felícia
Valério Maximino dos Reis
Domingos Marcelino dos Reis
João Hermenegildo dos Reis
Antonio Justiniano dos Reis
Firminiano Christopho da Luz
Maria do Carmo Reis
Severino Ribeiro de Rezende
Maria Jacintha
Dominiciano José Faustino
Ladislau José Naves.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.