Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Stefano Naves Boglione é aprovado pela OAB.

Meus caros,

Todos nós precisamos de tempo para aprender. Por isso mesmo é condição primeira acreditar na própria capacidade, estimular seu próprio talento, na sua criatividade ; empreender, descobrir oportunidades, fazer a sua própria hora, ainda mais neste tempo em que a tecnologia avança rápido, permitindo novos negócios e novas perspectivas para o profissional do Direito.

Houve quem dissesse - e com razão : ..."a sorte é parceira da competência e somente no dicionário o sucesso aparece antes do trabalho...". Não há que ter medo de ousar, de experimentar, de criar…nem mesmo de errar, porque os erros também ensinam. Há que se ter um tempo para pensar, para planejar . Como disse Charles Chaplin:
“Nosso cérebro é o melhor brinquedo já criado: nele se encontram todos os segredos … inclusive o da felicidade”.

O caráter é um dos principais predicados para quem se propõe e se dispõe a exercer a advocacia. Propor-se a uma profissão é fácil. Dispor-se a ser advogado é outra história.

A profissão exige sacrifícios de toda a ordem. Sacrifícios pessoais e financeiros. Os sacrifícios pessoais muitas vezes levam o advogado a se questionar por não ter escolhido outra atividade, e/ou profissão , na qual não há trabalho aos domingos, feriados, dia das mães, dia dos pais, dia dos namorados, etc... e onde a jornada de trabalho seja exatamente aquela pré-determinada. Os sacrifícios financeiros também existem. E de igual forma nos levam à reflexão do por que insistimos em permanecer.

Esta a grande "diferença" deste, para qualquer outro profissional. Definitivamente, não se trata de uma carreira escolhida sob o aspecto financeiro, mas, pelo aspecto da paixão , da identidade pessoal, como o foi para meu filho Stefano Naves Boglione, hoje pronto - de corpo e alma , para vivenciar sua missão literalmente , sob as Graças e Bênçãos de Nosso Senhor Jesus Cristo !

Estamos Radiantes! A OAB-MG acaba de divulgar os nomes dos aprovaos no Exame de Ordem, e nosso Stefano passou. Queremos compartilhar com todos a nossa alegria e nosso imenso orgulho. Graças ao nosso Bom Deus!

Maria Eunice Naves

Próximo artigo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.