São Gonçalo, o outro nome de Três Pontas.

São Gonçalo é um nome atribuído a Três Pontas, fruto de equívoco, na interpretação do texto de uma escritura de compra e venda, passada pelo Capitão Bento Ferreira de Brito, pouco antes de seu falecimento, a João Pereira (Joam) que está anexada ao inventário do Capitão Bento. A escritura foi impugnada pelo Juiz de São João Del Rei, por ocasião do inventário, que está arquivado no Museu Regional daquela cidade, , Caixa de n. 15.

Artigo de Paulo Costa Campos

Próxima matéria: O português Manuel de Costa Diniz em Minas.
Matéria Anterior: Sô Chico de Três Pontas, Sul de Minas Gerais.

Comentários

projeto partilha disse…
Freguesia de Três Pontas - O Tribunal da Mesa de Consciência enviou ofício ao Bispado de Mariana, em 17 de novembro de 1825, pedindo-lhe parecer sobre a criação de uma freguesia em Três Pontas. O parecer, datado de 15 de setembro de 1826, foi favorável, porém a criação só ocorreu no ano de 1831, proposta do próprio Bispado de Mariana. Uma Resolução da Regência, em nome do Imperador Dom Pedro II, foi sancionada em 14 de julho de 1832 elevando o Curato de Três Pontas à freguesia, tendo como filiais os Curatos de Nossa Senhora do Carmo (Campos Gerais) e do Espírito Santo da Varginha (Diocese da Campanha. Lefort, ed. 1993, p.310 e 320).

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.