Os guarda-livros e tabeliões e seu símbolo.

Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Escaneamento: Rogério Vilela - 2009 - Arte: TS Bovaris

Próxima imagem: Divino Espírito Santo em antiga gravura.
Imagem anterior: Clube Tabajara na década de 70.

Comentários

projeto partilha disse…
Célio Brasiliense Naves diria:
quando a Italianada se encontra com a Navaiada é só alegria. Haja quitanda ... ... ...

Livro de batizado n.2, Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.

fl.193v, batiz. de João, filho de João Arcanjo e de Leopoldina Francisca;

fls.196 bat. Albino, filho de Antonio Meraldo e Ramim Amália. Padrinhos: Távaro Antonio e Bossita Filomena. Pe. A. J. da Fonseca;

fls.196 Vitório, filho de João Mastei e de Páscoa Creasso. Padrinhos: Gabriel Itaco e Maria Maneti;

fls.196 Luiz, filho de João Turgito e de Ângela Piovana. Padrinhos: João Mastei e Maria Maneti. Pe. A. J. da Fonseca;

fls.196v. filho de Petrim (Petrini) Giuseppe e Ana Poloniato. Padrinhos: Manoel Alves Teixeira e Ana Crispina do Nascimento. Pe. A. J. da Fonseca.
projeto partilha disse…
Livro de batizado n.3, fls.4v. Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.
Astolpho Ribeiro de Rezende e Maria Amélia Fonseca foram padrinhos de Joaquim, filho de Eugênio Benedicto da Silva e Cecília Maria de Jesus, em 9-7-1895.
projeto partilha disse…
"Aos 9 de junho de 1895 baptizei solennemente a Paulo, nascido aos 28 de maio p. findo filho legítimo de Bernardo Alves de Gouvêa e Francisca de Gouvêa. Foram padrinhos: Gabriel José Caldeira e Esméria (liberta de dona RITTA VICTALINA (Vitalina) DE SOUZA. Pe.A. J. Fonseca". Livro n.3 e batizado da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.
projeto partilha disse…
Francisco de Paula Baptista e Francisca Josephina da Silva (por procuração de dona Constança sua filha), foram padrinhos, "aos 4 de agosto de 1895 de Judith, filha legítima d Ernesto Silva e Francisca Carolina da Fonseca",fl. 6, Livro 03 de batizados da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.
projeto partilha disse…
Livro 1 - Fábrica. Anos 1859 a 1882. Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, fls.28v. Nomes nela registrados:
Amaro José Alves
Gabriel Ribeiro
Ignácio Lopes Guimarães
Antonio Lopes Guimarães
Joaquim José da Costa
Maria Clara Umbelina
Sebastião Rodrigues da Silva e sua mulher
Antonio Dias Pereira de Oliveira
Francisco Antonio Ferreira Rosa
Pe. Joaquim Antonio de Rezende
João Nestle
Gabriel Flávio da Costa Júnior
Domiciano Ferreira de Oliveira
Francisco de Paula Baptista
(continua)
projeto partilha disse…
Anna Augusta Ribeiro Naves e João Hermenegildo dos Reis foram padrinhos em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, segundo dados contidos às fls.20 lo Livro n.3 de batizados. Os pais da criança era Augusto Ribeiro Naves e Olympia Generosa dos Reis e o batizado aconteceu em 14-04-1895.
projeto partilha disse…
Em 23 de agosto de 1896 é batizado Orlando, filho legítimo de José das Chagas e Clara Ricardina de Mello. Foram seus padrinhos, Eduardo Avelino Ferreira e Maria Augusta de Oliveira. Dado contido no Livro n.3 de batizados da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, fls.26.
projeto partilha disse…
João Capistrano Maffra e Maria Braulia de Moraes são os pais de José, batizado em 19-04-1896 na Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Foram seus padrinhos: Luciano Paulino de Souza e Maria Basília de Souza Filha. Livro de n.3 de batizados.
projeto partilha disse…
Livro de batizados n.3, fls.17v, registra o nome de Maria da Conceição, batizada em 16-02-1896, filha legítima de Américo Dias de Oliveira e Joanna Baptista da Conceição. Padrinhos: Fernando Dias de Oliveira e Nossa Senhora Apparecida.
projeto partilha disse…
José Gregório de Tolledo e Guilhermina Pinto (Guilhermina das Dores) eram compadres de João Antonio Naves. Livro 3 de batizados, fls.19. Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. João Antonio Naves e Ignácia Constança de Rezende foram padrinhos de José (obs. a margem - Casou-se em Três Corações). O batizado aconteceu em 29-03-1896. José era filho legítimo de José Gregório de Tolledo e Guilhermina Pinto (ou das Dores).
projeto partilha disse…
Domingos de Oliveira Carvalho de Vilhena e Cândida Carmélia da Fonseca foram padrinhos de Bento, filho natural de Paulina Georgina de Souza, segundo o que consta no Livro n.3 de batizados da Matriz de Carmo da Cachoeira, Minas, ano de 1895.
projeto partilha disse…
"Aos 13 de abril de 1895 baptisei José, filho legítimo de Arthur Alves da Costa e Amélia Augusta de Souza; foram padrinhos: Joaquim Garcia da Fonseca e Florência Barboza do Prado". Livro de Batizados n.3. Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais.
projeto partilha disse…
Livro Fábrica n.1 Matriz de Nossa Senhora do Carmo. Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, continuação dos nomes relacionados às fls.28v:
João Domingos da Costa
Domingos Alves (riscado está Teixeira)
Antonio de Andrade Junqueira
Ladislau José Naves
João de Rezende Branquinho
Cândido Agostinho de Jesus
Modesto Antonio Naves
Graciano Antonio de Carvalho
José Ferreira Godinho
Joaquim Pedro da Silva
Gabriel Rodrigues da Silva
Raphael Rodrigues da Silva
Joaquim da Costa Ramos
Domingos José de Oliveira
Joaquim Marques de Arantes
Manoel Francisco Xavier.
projeto partilha disse…
Às fls.16, do livro 3 de batizados da Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, é batizada Antonieta, filha legítima de Manoel Adelino de Souza e Maria Cândida da Fonseca; foram padrinhos: João Baptista da Fonseca e Maria Bernardina de Rezende.
projeto partilha disse…
"Aos 3 de setembro de 1895, baptisei solennemente a Ermelinda, filha legítima de Bernardino Nogueira Netto e Idalina Geracina de Oliveira Mendonça. Foram padrinhos: João Baptista da Fonseca Nogueira e Cândida Emídia Teixeira. Registro fls.198, Livro N.2 (cópia), batizados na Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Há um duplo registro com os mesmos dados no livro de n.3 (original).
projeto partilha disse…
Em 21 de abril de 1895, conforme registo às fls.11v. Livro de batizados n.3, Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, Evaristo Brasiliense Naves e Anna Theodora Naves, foram padrinhos de Asalina, filha´legítima de Nicézio (Nicésio) Alves de Carvalho e Frausina Cândida de Jesus.
projeto partilha disse…
Em 15 de abril de 1895 é batizado na Matriz de Nossa Senhora do Carmo, Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, Reinaldo, filho legítimo de José Luciano de Moraes e Ritta Leonel de Moraes. Foram padrinhos: Antonio Ribeiro de Moraes e Ignácio(?) Ribeiro de Moraes.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.