Amélia e o pasto da Izalina em Minas Gerais.

Uma praça com muita prosa, poderia ser o palco da conversa que Jorge Fernando Vilela manteve hoje com o Projeto Partilha. No entanto, a revelação não se deu na Praça do Carmo, mas ao telefone. Novos tempos, a praça perdeu o status que tinha antigamente. Hoje os recursos são outros, muito mais velozes.

Jorge diz: "Amélia Augusta da Silva é Amélia Augusta Villela da Silva, casada com João Tomás de Aquino Villela. Eles são meus avós, e a Escriptura de compra e venda referente ao Pasto da Izalina, no ano de 1913, diz respeito a minha família."

Foi com muita alegria que recebemos a notícia e, se estivemos na praça, teríamos comemorado com um saquinho de pipocas nas mãos. O bom velhinho pipoqueiro que foi quem viu e ouviu a conversa serviria de testemunha ocular. Gratidão e luz. Jorge.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.

Palanques e trincheiras na defesa dos quilombos.