Padre José Procópio Júnior em Carmo da Cachoeira

Imagem
Paróquia Nossa Senhora do Carmo sob nova guiança Editorial Sai Pe. Daniel Menezes, e assume como administrador paroquial da acolhedora cidade de Carmo da Cachoeira, em fevereiro de 2019, o Pe. José  Procópio Júnior.
"Não cabe à pedra escolher o lugar que deve ocupar no edifício. Assim também não cabe à nós criaturas ditar ao Criador o que deve acontecer em nossa vida, pois Deus é quem sabe e dispõe com sabedoria própria." − Dom Servílio Conti, IMC Como página que observa os acontecimentos neste pedaço de chão mineiro, limitado por montanhas e que, segundo o cachoeirense Padre Godinho, “todas são azuis”, registramos o remanejamento ocorrido entre padres ligados a Diocese da Campanha no ano de 2019. Entre as mudanças encontra-se a Paróquia Nossa Senhora do Carmo/Carmo da Cachoeira – MG.

Sai nosso querido Padre Daniel Menezes. Por ele continuamos a rezar e o devolvemos, entre lágrimas e a esperança de um dia tê-lo entre nós. Somos eternamente gratos e devedores. Entra, aureola…

Vendida fazenda em Carmo da Cachoeira - 1902

Escritura de compra e venda que entre si fazem como outorgante vendedores (ilegível) d'Alkmin e sua mulher dona (ilegível/...)ane Silva Villela e como outorgado comprador João Villela de Rezende (Vilela) como adiante se vê:

Saibam quantos este publico instrumento de Escriptura de compra e venda virem que, sendo no anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil novecentos e dois (1902) aos dizesete dias do mes de junho do mesmo anno neste Districto do Carmo da Cachoeira, Comarca de Varginha, Estado de Minas Geraes na Fazenda de residencia de dona Anna Emigdia Vilela, viúva do fallecido João de Rezende Branquinho (Resende) onde (...) fui vindo e sendo ahi compareceram como outorgantes João (?)(ilegível/...)umas d'Alkmin e sua mulher dona Julia Paranayba Villela (Júlia Paraíba Vilela) residentes no districto de Luminarias, Município de Lavras do Funil como outorgante comprador João Villela de Rezende (Vilela de Rezende ou Vilela de Resende) residente no mesmo districto (Cachoeira do Carmo), na Fazenda Taquaral conhecidos todos de mim tabelião e das duas testemunhas no fim desta assignadas e estas também minhas conhecidas, de que dou fé. Pelos outorgantes e outorgado em presença das mesmas testemunhas foi informado de que sendo os primeiros outorgantes possuidores d'uma fazenda de engenho da Fazenda do Taquaral, districto de Luminárias, Município de Lavras do Funil com parte de engenho como discrito possuem terra e (ilegível) inclusive os de hippoteca legal a vende pelo preço e quantia certa de quinhentos mil réis que (...) minhas notas, a qual lhe li e achou conforme e assignam com as testemunhas presentes sobre uma estampilha federal de valor de um mil réis. Eu Adelino Eustáchio de Carvalho, que esta escrevi e assino. Seguem as assinaturas de Aurélio Batista de Rezende (Baptista) (e Naves?); ten. Beraldo Alexandre da Silva e Joaquim Neves Gomes.

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Vendida fazenda em Carmo da Cachoeira - 1902
Artigo Anterior: Dona Andressa da Família Dias de Carvalho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Antiga foto da fazenda da Serra de Carmo da Cachoeira.