O falecimento de Maria Batista de Souza.

"Aos dezoito de agosto de mil novecentos e cincoenta e sete (1957), foi encomendado e sepultado no cemitério Paroquial o cadáver de Maria Batista de Souza, falecida ontem com sessenta e oito anos de idade, filha legítima de Eugênio Adelino de Souza (Avelino) e de Maria Batista do Espírito Santo. Ela era viúva de Manoel Ferreira Avelino. Causa mortis: insuficiência cardíaca, congestiva aguda do pulmão. Para constar, fiz este assento que assino. O Pároco, Pe. Manoel Francisco Maciel."

Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Próxima matéria: Falece o mineiro Américo Dias de Oliveira.
Artigo Anterior: Alguns registros de óbitos de 1956 em Minas.

Comentários

projeto partilha disse…
- Livro de óbitos VI, fls.121, registro n.55. É encomendada Simone NAVES de Paula, filha de Joaquim Pedro de Paula e de Maria das Graças NAVES Paula;

Em 30-05-1977, é enterrada Theodózia dos Reis Campos, com 84 anos, filha de Francisco Custódio Vieira Campos e de Ana Paulina Reis.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.