Mensagem para a Bem-Aventuraça da vida.


Em oferta a todas as mulheres do Planeta Terra que, de uma forma ou de outra, geraram filhos em corpos físicos e ou os alimentam, através do culto do saber, do conhecimento, da iluminação interior, motivo único da presença humana neste Planeta Divino, ora Consagrado.
A todas as mães um mundo cheio de paz de harmonia.
Nesse dia, a luz se fez íntegra na Terra. Centenas de pessoas ouvem sua voz e deixam-se trespassar por verdades que consolam, mas instigam para a luta; por verdades que falam de perdão, mas não esquecem a ação; por verdades que falam de luz, mas desvelam a escuridão; por verdades que falam de amor, mas não escondem o ódio e o egoísmo do mundo.
Seres da Natureza, anjos de diferentes cores e hierarquias, todos transmitem a sua alegria de existir e se fazem ouvir no grande coração de Jesus Cristo. Tudo tem som e cor e ele a tudo vê. E então, embriagado por toda aquela beleza, abre os seus braços, fecha os olhos e deixa-se inundar pelo perfume do ar, pelo calor do sol. Olha o céu azul e permite que a paz o invada, olha para as montanhas entre vales e regozija-se com a vida, senti em si o palpitar do Coração Criador. Olhando a todos e a cada um, canta a música de todo o seu ser, tocando as cordas sensíveis de cada coração:
Bem-Aventurada a vida.
Bem-aventurado o amor.
Bem-aventurados a Terra e o Céu unidos no amor.
Bem-aventurados sois vós, filhos da Terra, que deixais o coração voar para serdes também filhos do Céu.

Bem-aventurado é Deus, pois ele é.
Bem-aventurados somos nós, pois somos deuses.
Bem-aventurada a Vida Criadora de todas as maravilhas do Céu e da Terra.

Bem-aventurados sois vós, cuja tristeza se deixa consolar.
Bem-aventurados sois vós, cuja solidão encontra companhia.
Bem-aventurados sois vós, cujo cansaço encontra repouso.
Bem-aventurados sois vós, cuja mansidão possuirá a Terra.

Bem-aventurados vossa sede e vossa fome de Verdade e de Justiça,
pois será saciada.
Bem-aventurados vossos olhos que se embebem das belezas da Criação.
Bem-aventurados vossos ouvidos que escutam a sinfonia cósmica.
Bem-aventurada vossa boca que bebe da Fonte.

Bem-aventurada a Fé que determina a Ação para a conquista.
Bem-aventurados somos nesse momento de oração.
Bem-aventurados somos, por penetrar as portas abertas do Reino.
Bem-aventurada essa montanha que guardará em cada recanto seu, para toda a eternidade, esse momento de fusão no Amor.

A Lei do Reino é a Lei da Troca, portanto:

Construí e tereis um novo mundo.
Mais do que tudo, amai o vosso semelhate, assim como o Pai que está no Céu vos ama.
Para que o Reino seja na Terra, o amor deverá estar presente em cada ato humano (...).
Bem-aventurados os que crêem na luz do próprio coração e a deixam fluir, tocando outros corações.
Bem-aventurados os sentimentos amorosos que afastam a tristeza e toda energia perversa destruidora do homem.
Bem-aventurados os braços de Deus que se estendem para acolher carinhosamente os homens.

Trocai o ódio pelo amor, pois quanto mais ódio, mais ódio, quanto mais amor, mais amor. Dai e recebereis, pois quanto mais miséria, mais miséria. Plantai, plantai sempre, pois quanto mais a terra for estéril, mais estéril ela será. O alimento da terra são os seus próprios frutos que nela semeiam mais vida.


Trecho de uma obra de autor desconhecido.
Caso alguém tenha conhecimento de seu nome, por favor notifique o administrador desta página.
Gratidão e Luz a todos.



Projeto Partilha - Leonor Rizzi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.

A Família Campos no Sul de Minas Gerais.