Aniversariantes da Comunidade dos Guardiões.


Ajude-nos a contar a história de Carmo da Cachoeira. Aproveite o espaço "comentários" para relatar algo sobre esta foto, histórias, fatos e curiosidades. Assim como casos, fatos e dados históricos referentes a nossa cidade e região.

Próxima imagem: Profª. Leonor na Comunidade S. Pedro de Rates
Imagem anterior: Possível imagem de São Francisco em detalhe

Comentários

projeto partilha disse…
Malvina Demarqui Rizzi, de blazer branco e Di, ao seu lado. A elas nossa homenagem e gratidão pelos seus feitos em prol da Comunidade.



HERÓICA MÃE
Autor: Dr. Rui Nogueira.

A figura da mãe, pelo que representa na geração e continuidade da vida, sempre tem sido exaltada.
Agora, existe a heróica mãe que desabrocha incrível no meio de tantas dificuldades que mais da metade da população vive, transitando na pobreza.
Ninguém pode deixar de olhar e admirar a extraordinária mulher que é a base, a alma de toda essa gente pobre.
Por conjuntura social ou pela irresponsabilidade masculina, frequentemente, não há muitas famílias estruturadas no modo clássico, mas acasalamentos eventuais.
Assim, a vida estabelece uma continuidade e uma unidade em torno da mãe que gera filhos de vários homens. Poderá haver algo de instintivo mas, por certo, ver-se-à, também, a esperança de encontrar um novo amor, profundo e definitivo. Há, também, a evidência de ser desnecessária a persistência de qualquer vínculo sem afetividade, pois, na pobreza que domina, não há propriedades ou bens a garantir para o futuro.
Apesar de toda a miséria esta mãe heróica defende seus filhos e, mesmo com fome, consegue alguma coisa para pôr em suas bocas.
Enfrenta, também, qualquer atividade com estoicismo e coragem, no objetivo de alimentar seus filhos. Sabe ser afetiva e não hesita em ir à extremos, na defesa deles. Se não tiver outro recurso vai ao lixo explorá-lo, sai vagando pela cidade catando latinhas e chega até à mendicância.
Há um grande evento, jogo, apresentação musical, rodeio e lá chega a heróica mãe carregando grandes volumes com algum produto para vender.
Já imaginou? Não é fácil trazê-los em ônibus ou outra condução, numa tentativa incerta de conseguir alguns trocados para a sobrevivência.
Quantas são diaristas, desempenhando tarefas sem garantia e saindo para trabalhar sem ter com quem deixar os seus filhos em casa.
Às vezes vai tomar conta de uma criança, numa família mais abastada e vive a angústia de ter deixado os seus filhos sozinhos.
Esta é a mãe heróica, que vai ajudar a transformar este mundo, se CONSCIENTIZANDO e CONSCIENTIZANDO seus filhos, porque tem dentro de si a virtude da SOLIDARIEDADE e do AMOR SOCIAL que só cresce entre pessoas que têm a mesma necessidade.
Que belo! Por elas o Brasil será um exemplo, o PAÍS DO SÉCULO XXI.

MÃE HERÓICA.

NINGUÉM PODE DEIXAR DE OLHAR E ADMIRAR A EXTRAORDINÁRIA MULHER QUE É A BASE, A ALMA DE TODA ESSA GENTE POBRE.
leonor disse…
Foto - Evando Pazini.
Montagem - TS Bovaris, Rícard Wagner Rizzi, Administrador do Projeto Partilha.
selma disse…
Celebrar a vida e agradecer à Deus o dom mais belo,voltamo-nos hoje inteiramente a vocês, a fim de fazê-las reviver os tempos em que foram crianças.D.MALVINA E D. DI recebam com muito carinho,um grande abraço da Selma e do Neca.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.