Plante Sementes Boas.

Na terra, cada vida humana deve ser uma alma semeadora, plantando sementes boas de otimismo, alegria, paz, em conjunção com os parceiros de sua comunidade.

Lance as sementes ao solo, elas crescerão e irão gerar as plantas de sua aptidão, de feijão surgirá, feijão, de milho, virão as pipocas. É a equidade agindo na natureza, cada um segundo suas potencialidades. Ainda bem que existe esta maravilhosa diversidade. Temos um todo muito melhor que cada parte sozinha.

Defenda as sementes naturais.

Preste atenção na diversidade dos grãos que podemos usar na nossa alimentação.

Não permita que os interesses econômicos concentrem a produção de grãos em poucos tipos de sementes, pois ficaremos mais vulneráveis aos imprevistos.

A diversificação nos torna menos suscetíveis à fome, à escassez decorrente das intempéries.

Lembre-se que tudo que usamos, inclusive os alimentos, procede da natureza.

A cadeira onde está sentado, feita com madeira; o prédio que o abriga, com areia, cascalho, ferro, cimento; os combustíveis, os plásticos, derivados do petróleo. Provalvelmente a biomassa será a origem para combustíveis renováveis e de todos os processos bioquímicos que substituirão a petroquímica. o petróleo tende a acabar. Esta é uma razão poderosa para valorizarmos a nossa natureza, aprendendo a utilizá-la, sem destruí-la. Este é um fator fundamental para impormos que a Amazônia por posse, direito e história é nossa.

Lembre-se que não somos um ser privilegiado, numa campânula isolada da natureza, nem um feroz dominador do ambiente natural.

Sejamos semeadores da harmonia e vigilantes para impedir a servidão, preservando e utilizando a natureza com racionalidade.

Tudo que usamos, inclusive os alimentos procede da natureza.
O que realmente é importante e tem valor é a riqueza natural, nunca o papel pintado chamado dinheiro.

Contatos com o autor pelos endereços eletrônicos:
rui.sol@bol.com.br
rui.sol@ambr.com.br

Comentários

rui nogueira disse…
DE BEM COM A VIDA!

Não aceite nada que o induza a perder a sua auto-estima.
Irradie força e entusiasmo. Isto será contagiante e pode ser feito até pela própria postura corporal, ereta, soberba, confiante.
Policie seus pensamentos. Use bastante o seu senso crítico para afastar de si, de seus filhos, de seus amigos, de sua comunidade, as perversas atitudes que os meios de comunicação multiplicam, colocando o brasileiro sempre em situações negativas, deprimentes e de desonestidade e incompetência.
Olhe à sua volta a deliberação de seus amigos para manterem-se honestos, a perseverança das mães para criarem com dignidade os seus filhos, o esforço de tantos para conseguir o mínimo para sua sobrevivência.
Não devemos ser descrentes da capacidade dos brasileiros, eles não são os bandidos, os rebelados dos presídios, os corruptos que a mídia destaca, mas a mais extraordinária raça existente no planeta. A raça cósmica que consegue misturar todas, se o predomínio de nenhuma, com notável capacidade inventiva, verificável em todos os setores, do avião à agricultura.
Somos da terra do sol, da alegria, da dança, da bondade. Precisamos, apenas, aprender a não aceitar a dominação, a exploração e a espoliação que nos tem sido imposta.
Nossas riquezas naturais têm de ser usadas como um instrumento para a melhoria da vida de todos nós. Não podemos permanecer sendo, apenas, fonte de exorbitantes lucros para alguns.
Elas podem representar trabalho, com salários melhores, matéria-prima para nossas indústrias, fonte para termos uma vida digna.
Se todos os brasileiros tiverem, pelo menos, as suas necessidades básicas atendidas, então estaremos: de bem com a vida!

AS NOSSAS RIQUEZAS NATURAIS TÊM QUE SER USADAS COMO UM INSTRUMENTO DE MELHORIA DE VIDA PARA TODOS NÓS.

Postagens mais visitadas deste blog

A organização do quilombo.